quinta-feira, 27 de outubro de 2016

Crenças limitantes



Você já deve ter ouvido falar em crenças limitantes alguma vez na sua vida. Eu comecei a entrar em contato com este termo depois de me interessar pela yoga, terapias complementares e assistir palestras sobre autoconhecimento. Até então, eu vivia de modo automático com as minhas crenças limitantes e nem as percebia, ia tocando a vida, me autossabotando e achando que tudo estava bem e que a vida era assim mesmo. Só que em um belo dia assistindo uma palestra da Ariana Schlösser, eu comecei a listar as minhas crenças limitantes e me surpreendi com a quantidade.



As crenças limitantes podem surgir em qualquer época da vida, seja na infância, adolescência e até na vida adulta. Essas crenças formam-se e parecem nos proteger ou limitar alguma coisa em nossa vida. Na maioria das vezes nós não percebemos que por trás daquele pensamento está uma crença que nos foi atribuída por alguém ou por um acontecimento. E muitas vezes vamos deixando de seguir os nossos sonhos e objetivos porque acabamos sendo podados por nós mesmos, no ciclo da autossabotagem. As crenças limitantes podem estar presentes na vida sentimental, na vida profissional. Elas se manifestam como uma vozinha te dizendo algo contrário àquilo que você deseja e que é positivo para você. Geralmente, essas crenças são negativas, e fazem com que você sinta medo de prosseguir.



É importante que você consiga identificar essas crenças, para saber quando elas estão se manifestando na sua vida, e ir tentando neutralizá-las o máximo possível, para que assim você possa ir atrás de seus sonhos e de seus objetivos de uma forma plena. A primeira coisa que você pode fazer é começar a identificar quais são as suas crenças limitantes. Primeiro, escolha uma área da sua vida que você sente necessidade de mudar para melhor, pode ser a sua vida profissional, familiar ou sentimental. Depois de definir a área, pegue um bloco de anotações ou um caderno, e escreva a sua frase. Por exemplo:



- Eu tenho muita vontade de mudar de área profissional, e trabalhar como autônomo, mas se eu fizer isso, vou morrer de fome.



...mas se eu fizer isso, vou morrer de fome é a crença limitante, que faz você pensar que um trabalho só é bem remunerado se for com a carteira assinada e batendo ponto todo dia. Mesmo, que você decida trabalhar como autônomo, as coisas podem não dar certo se você não conseguir neutralizar esta crença. Pode ser que algum dia você tenha ouvido alguém falar que trabalho que dá dinheiro e faz crescer na vida é só aquele que você tem benefícios trabalhistas e carteira assinada.



Outro exemplo:



- Eu queria fazer uma viagem para Nova York, mas não vou porque é muito caro e eu não saberia me virar por lá sozinho.



Achou a crença limitante nesta frase? Eu espero que sim. Viajar para o exterior é caro mesmo, mas será que é impossível, você não precisa ir agora, pode se planejar, poupar dinheiro, entre outras coisas, e a outra parte, “...e eu não saberia me virar por lá sozinho.” Esta é outra crença adquirida, não sou bom o bastante para ir sozinho, eu vou me perder, passar vergonha, entre outros medos que acabam por dissolver o sonho de conhecer outro país.



É possível combater essas crenças limitantes, eu digo isso, porque eu tenho várias, inclusive uma das que você leu acima é uma das minhas crenças, e o primeiro passo que fiz foi identificá-la. No momento, eu tenho sofrido com crenças limitantes na área profissional, já foram identificadas e precisam ser trabalhadas para que eu possa dar os próximos passos mais segura da minha decisão. Não é fácil vencer uma crença, requer um trabalho diário de aceitação, autoconhecimento e afirmações positivas, mas é possível se você se propuser verdadeiramente a vencê-las. Depois que você identificar as suas crenças, é hora de trocá-las por afirmações positivas. Você deverá questionar as suas crenças com argumentos reais, se pergunte se essas crenças são verdadeiras, quem te ensinou isso, do que você está se protegendo, e assim você vai olhando para cada uma delas com uma visão menos embaçada, e conseguirá enxergar o real significado de cada uma delas.



Sempre que você for mudar algo na sua vida, e se deparar com uma crença limitante, lembre-se de escrevê-la e racionalizar sobre ela. Somente assim, você terá consciência do que você está abrindo mão da sua vida por medo e por pensamentos de autossabotagem. Mais uma vez, eu repito, não é fácil, eu estou neste ciclo ainda, já consegui identificar, mas o mais difícil é combater a crença, mudar o foco e migrar rumo ao desconhecido, eu espero conseguir, e desejo que você também tente e consiga entrar nessa jornada de autoconhecimento.

quarta-feira, 19 de outubro de 2016

Cromoterapia – Você já ouviu falar?



A primeira vez que fiz uma sessão de cromoterapia eu não entendia direito como funcionava. Eu iniciei o tratamento juntamente com as sessões de terapia floral. Eu não fui muito disciplinada nas minhas sessões, às vezes, eu faltava, o que não é adequado, mas mesmo assim, eu senti algumas diferenças para melhor em meu comportamento.



Então, acabei me interessando pelo assunto e fui pesquisar um pouco mais, ainda não tive a oportunidade de fazer um curso de cromoterapia, mas estou fazendo alguns planos para poder inicia-lo. 



A cromoterapia é definida como um tratamento onde se utiliza as cores com o objetivo de buscar o equilíbrio e a harmonia. Cada cor tem a sua função e energia, e ao serem propagadas atuam como energia curativa e calmante. Alguns terapeutas utilizam lâmpadas coloridas, canetas de cromoterapia, ou ainda, mentalização das cores durante a sessão. O mais legal é que durante a aplicação você passa a sentir mais calma e tranquilidade.



Depois de conversar com você, o terapeuta irá escolher as cores para aquilo que você deseja melhorar. Eu vou colocar abaixo, o significado de algumas cores que você também pode mentalizar e que só irão trazer benefícios para a sua vida.



-Vermelho: Cor quente e estimulante. Atua estimulando a circulação. O vermelho pode causar desconforto caso haja dor, pois ele estimula as terminações nervosas aumentando a sensibilidade. Pessoas que têm pressão alta e problemas cardíacos devem tomar cuidado com a cor vermelha. A cor vermelha é indicada para afastar depressão e desânimo.



-Verde: O verde é a cor da construção, absorção e do crescimento. Favorece a regeneração dos tecidos, sendo a cor da juventude e do rejuvenescimento. Tem efeito calmante e relaxante. É a cor do chakra cardíaco.



-Violeta: O uso principal é o controle de infecções. Tem também efeito cicatrizante e estimulante na regeneração de tecidos. É a cor ligada ao chakra coronário, atuando também em quem está desequilibrado emocionalmente e descrente.



-Amarelo: É uma cor de muita energia e movimento, associada ao Sol. O amarelo realiza os mesmos efeitos da cor vermelha, mas de uma forma mais branda. É muito utilizada para ativar o sistema nervoso e as funções mentais, sendo considerada a cor da inteligência e criatividade. Pessoas que estão apáticas e deprimidas são estimuladas por esta cor.



-Azul: É a cor da paciência e da serenidade. Atua na respiração e função nervosa. Tem ação calmante, analgésica e equilibradora. É indicada em casos de insônia e estresse.



-Laranja: É a cor da luminosidade produzida pelo fogo. Esta cor se caracteriza pelo conforto corporal, descontração e prazer. A cor laranja atua na recuperação do estado emocional, fornecendo coragem.



-Rosa: A cor rosa trabalha e amor e o afeto. O rosa ajuda a equilibrar os relacionamentos. É uma cor ligada à felicidade e ao romance em seus aspectos positivos.



Esse foi um breve resumo de algumas cores que você pode mentalizar no dia a dia. Se você se interessou pelo assunto, eu sugiro que você leia o livro “Cromoterapia – Cores para a vida e para a saúde” – Eneida Duarte Gaspar. Eu usei este livro como fonte para o post, ele é muito bom e detalha a técnica de cromoterapia.



Deixe a sua vida mais colorida, faça cromoterapia!

segunda-feira, 10 de outubro de 2016

Dicas para mudar a sintonia



Sabe quando você vai sintonizar uma estação de rádio e começa a ouvir uma interferência? E aquela estação que você queria escutar está tão ruim que às vezes você é obrigado a mudar a sintonia. Na vida da gente também ocorre isso, às vezes, estamos querendo tanto uma coisa, mas isso parece um pouco longe, fora do sinal, sumindo no horizonte. Mas, ai você se pergunta:



-O que eu faço para entrar na sintonia disso que eu quero muito? Como eu consigo obter isso na minha vida plenamente?



Bom, é complicado. Porque nem sempre estamos vibrando na mesma sintonia daquilo que estamos em busca, às vezes, nosso ego nos diz que precisamos disso, que sem aquilo que mais desejamos a nossa vida parece incompleta. Então, ao invés de ficar tentando entrar na sintonia de algo ou de alguém, porque você não tenta mudar a sua sintonia. Eu me lembro que às vezes ao ouvir rádio, eu estava tentando sintonizar uma estação que estava tocando uma música que eu gosto, só que o sinal estava péssimo, e a música no meio, um pouco desgostosa, eu mudava a sintonia, e de repente, encontrava em outra estação de rádio uma música mais legal que estava no começo e tocando claramente para os meus ouvidos ouvirem e meus pezinhos entrarem no compasso.




E hoje, quando percebo que algo não está na mesma sintonia que eu, está um pouco obscuro, o som não é claro, eu simplesmente tento mudar a estação, a frequência, mudo os meus pensamentos, passo a me dedicar a outras coisas, escolho uma frequência que corresponda a minha e assim tudo vai se ajustando. Muitas vezes, estamos tão presos em uma ideia, em um pensamento, em um mito de vida, que deixamos de sintonizar coisas boas, coisas agradáveis que trarão crescimento, que deixarão a vida mais leve. Tudo na vida é possível, desde que haja força de vontade, e uma certeza grande de que nenhuma pecinha do Lego da vida ficará sobrando, tudo vai se encaixando na hora certa, mas às vezes, é preciso mudar o dial e sintonizar outras coisas.



Avalie sua vida

Dê uma olhada para sua vida. O que você quer mudar? Por que você quer mudar isso? Qual é o impacto dessa mudança na sua vida? O que pode dar errado? O que pode dar certo? O que você tem a aprender? Depois de responder à essas perguntas, avalie se é isso mesmo que você quer. Sabe por que eu te falo isso? Porque às vezes estamos em busca de uma mudança na nossa vida só para suprir as necessidades de outras pessoas, e também da sociedade. Mas, muitas vezes não é isso que queremos realmente, muitas vezes estamos felizes vivendo do nosso modo, mas as pessoas querem que você ache que tem algo de errado com você, simplesmente porque você não se encaixa nos padrões de beleza e de vida perfeita.



Procure novas atividades

Para mudar a sintonia, precisamos também mudar o foco, e sair da zona de conforto. Procure por novas atividades, coisas diferentes da sua rotina, vá fazer aulas de pintura, aulas de dança, yoga, Krav-maga, violão. Para sair da sintonia daquilo que está fora da sua frequência, às vezes, você precisa conhecer gente nova, lidar com novos desafios, se superar, colocar novos limites. Eu falo isso, porque às vezes eu entro numas fases dessas em que eu fico com medo de tentar coisas novas, sempre coloco uma desculpa, hoje eu escrevo para mim e para você. Que tal nós nos propormos a fazer algo diferente, e quem sabe assim a vida possa fluir melhor.




Não se prenda muito na opinião alheia

Todo mundo tem a sua receita de felicidade, e às vezes, as pessoas querem que você anote as receitas delas, só que elas se esquecem que muitas vezes aquele ingrediente que elas usaram nas receitas delas, pode não ser adequado para você, pode inclusive te causar alergia, rs. Então, como graças a Deus temos ouvido, ouça as opiniões, mas filtre-as e não ache que tudo que se aplica na vida de determinada pessoa tem que necessariamente se aplicar na sua vida. Nós somos pessoas diferentes, com histórias de vidas diferentes, com infâncias diferentes, não dá para colocar todo mundo no mesmo caldeirão, não é possível generalizar. Então, cuidado com as opiniões excessivas, como ah se eu fosse você eu faria isso, se eu fosse você eu faria aquilo, liga aquele botão do silencioso, e deixa o blá blá blá correr solto.



Isso é uma fase, uma hora vai passar

Quando a minha vida está estagnada, eu sempre penso que isso é uma fase e uma hora vai passar. É claro, que antes eu me desespero um pouco, fico aflita e depois acalmo, e penso que as coisas vão se reorganizar, e que eu não preciso temer, há um conforto em pensar positivo e com serenidade, parece que faz com que nos sintamos mais seguros dentro do contexto que estamos vivendo. Então se a vida profissional, amorosa, financeira, familiar está uma porcaria, pense que é uma fase e vai passar, foque nas soluções e não nos problemas, e faça a melhor coisa que você pode fazer nessas horas, viva!




Comece a procurar sentido em outras coisas, amplie o seu horizonte, não fique triste se a sua vida não está como você imaginou. Ela está como deveria estar neste momento, o que será que você ainda tem que aprender? Quem será que você ainda precisa conhecer? Assim como você, eu também fico muito triste quando as coisas não acontecem como eu sonhei, mas eu estou disposta a mudar a minha sintonia, quero sintonizar pessoas novas, bons sentimentos, quero vibrar na frequência da vida, da positividade, e que tal você também começar a mudar a sua sintonia, a vida está nos convidando para uma experiência única que é viver, vamos aceitar o convite?

quinta-feira, 6 de outubro de 2016

Escuta o seu coração



Esses dias eu estava cantarolando uma música que eu gosto bastante que se chama Ascolta il Tuo Cuore – Escuta o seu coração da cantora Laura Pausini, eu acho o idioma italiano lindo, amo ficar cantarolando as músicas da Laura Pausini, mas não entendo muita coisa, só algumas palavras aleatórias, e como ouço Laura Pausini há muito tempo, Ascolta il tuo cuore não passou despercebida.



Vou colocar no final a letra e tradução para que você possa conhecer ou cantar se quiser. Mas hoje, quero falar sobre o tema dessa música, ouvir o seu coração. Você tem ouvido o que seu coração tem dito para você, ele não é irracional como dizem, pelo contrário, eu acho que ele é tão racional quanto a nossa mente, se você silenciar é possível ouvir qualquer resposta. Às vezes, o coração te faz uma pergunta também, e de acordo com a sua resposta está decifrado todo o enigma.




Eu acho engraçado quando as pessoas dizem que fulano é muito coração, e por isso só mete os pés pelas mãos, eu simplesmente acho que o fulano não tem é ouvido o seu coração atentamente, e principalmente não tem respondido as perguntas feitas pelo coração com sinceridade e sem medo da resposta que virá à mente. A vida pede passagem e você precisa acelerar o passo para segui-la, e conseguir ver toda a beleza escondida, e seu coração pode te ajudar nesse processo, quando algo que você busca é o mais certo para você, você irá sentir o seu coração calmo e sereno, ele pode até entrar em picos de ansiedade de vez em quando, mas voltará ao normal dentro daquilo que é o melhor para você.



Eu já escrevi várias vezes aqui no blog, como a música me ajuda em diversas circunstâncias, e uma música que me ajuda nessa conexão com a voz do coração é Whisper to me, do Warren Barfield. 



Eu fecho os olhos e simplesmente ouço a música, sem medo da resposta, excluindo meus medos e expectativas, sendo somente eu, e assim as respostas vão chegando, às vezes aparecem perguntas e vou respondendo cada uma para mim mesma, e dessa forma vou trilhando os caminhos que a vida apresenta na minha frente, nem sempre eles são agradáveis, às vezes me deixam triste e solitária, outras vezes plena e realizada, e a vida é assim, nem sempre do jeito que desejamos, apenas é o que é.



Hoje, ouça o seu coração, avalie se ele tem respostas ou perguntas, não seja breve e não tenha medo. Nem sempre será como você quer. Seus olhos podem marejar, sua voz embargar, ou você pode sentir uma paz indescritível, mas tenha a certeza de que tudo o que acontece tem um porquê, e nada é por caso, lembre-se sempre disso.





Ascolta il tuo cuore

Ehi adesso come stai?
Tradita da una storia finita
E di fronte a te l'ennesima salita.
Un po' ti senti sola,
Nessuno che ti possa ascoltare,
Che divida con te i tuoi guai.
Mai! tu non mollare mai!

Rimani come sei,
Insegui il tuo destino,
Perché tutto il dolore che hai dentro
Non potrà mai cancellare il tuo cammino
E allora scoprirai
Che la storia di ogni nostro minuto
Appartiene soltanto a noi.

Ma se ancora resterai,
Persa senza una ragione
In un mare di perché

Dentro te ascolta il tuo cuore
E nel silenzio troverai le parole.
Chiudi gli occhi e poi tu lasciati andare,
Prova a arrivare dentro il pianeta del cuore

È difficile capire
Qual è la cosa giusta da fare
Se ti batte nella testa un'emozione.
L'orgoglio che ti piglia,
Le notti in cui il rimorso ti sveglia
Per la paura di sbagliare,

Ma se ti ritroverai
Senza stelle da seguire
Tu non rinunciare mai

Credi in te! Ascolta il tuo cuore!
Fai quel che dice anche se fa soffrire.
Chiudi gli occhi e poi tu lasciati andare,
Prova a volare oltre questo dolore.

Non ti ingannerai
Se ascolti il tuo cuore,
Apri le braccia quasi fino a toccare
Ogni mano, ogni speranza,
ogni sogno che vuoi
Perché poi ti porterà fino al cuore
di ognuno di noi.

Ogni volta, che non sai cosa fare,
Prova a volare, dentro il pianeta del cuore.
Tu tu prova a volare
Do do do dov'è il pianeta del cuore.
Tu tu tu dentro il pianeta del cuore.


Escuta o seu coração – Tradução

Ei, agora como você está?
Traída por uma história acabada
E na tua frente a enésima subida
Se sente um pouco só
Ninguém que possa te ouvir,
Que possa dividir com você os problemas.
Nunca! Nunca desista!

Seja como você é
segue o teu destino
Porque toda a dor que você tem dentro
Nunca poderá apagar teu caminho
Então você descobrirá
Que a história de cada um dos nossos minutos
Pertence somente a nós.

Mas, se você ainda ficar
Perdida sem uma razão
Em um mar de porquês

Dentro de você, ouça o seu coração
E no silêncio você acharás as palavras.
Feche os olhos e se deixe levar,
Tente chegar dentro do planeta do seu coração

É difícil entender
O que fazer ao certo
Se aparece na cabeça uma emoção.
O orgulho que te domina,
As noites em que o remorso te acorda..
Pelo medo de errar de novo..

Mas se você se encontrar
Sem as estrelas para te guiar
Nunca desista

Acredite em você! Ouça o seu coração!
Faça o que ele diz mesmo se ele te faz sofrer.
Feche os olhos e deixe-se levar,
Tente voar além dessa dor.

Você não se enganará
Se ouvir teu coração,
Abra os braços até quase conseguir tocar
Cada mão, cada esperança,
Cada sonho que você queira..
Porque depois isso te levará até o coração
de cada um de nós.

Cada vez, que você não souber o que fazer,
Tente voar, dentro do planeta do seu coração.
Te obrigue a voar
Para onde fica o planeta do seu coração.
Você dentro do planeta do seu coração.