quarta-feira, 23 de novembro de 2016

Por que se planejar é importante

Antigamente, quando eu participava de reuniões sobre “Planejamento Estratégico” nas empresas em que trabalhei, eu achava tudo aquilo sem significado nenhum. Na minha cabeça todas aquelas informações me pareciam muita perda de tempo. Um dia de trabalho definindo metas, pontos fortes e pontos fracos da empresa, onde se quer chegar, valores, missão e tantas outras estratégias focadas no desenvolvimento.

Hoje, avaliando alguns pontos da minha vida, eu reconheço que o planejamento é muito importante e é extremamente necessário tanto para uma grande empresa como para o gerenciamento da nossa própria vida. Não dá para simplesmente entoar o mantra do Zeca Pagodinho, “Deixa a vida me levar, vida leva eu”, é preciso assumir que somos os responsáveis pelas mudanças que desejamos em nossa vida, e a partir do momento que você define um objetivo é necessário ter foco para alcançá-lo. É importante lembrar que nem tudo virá da noite para o dia, é um processo, tijolo por tijolo você vai construindo a sua história.



Primeiramente, é necessário que você desenvolva seus objetivos, e que você esteja seguro em relação a eles. Por exemplo, você quer abrir uma loja de bolos caseiros. Abrir uma loja de bolos é o seu objetivo concreto, a partir desse objetivo, você deverá analisar todos os caminhos que devem ser percorridos para que essa loja de bolos seja algo real na sua vida. Sempre que você estiver tentado a mudar de profissão, não estiver mais feliz em alguma área de sua vida, não espere as coisas piorarem para começar a agir. Comece a planejar enquanto tudo está relativamente equilibrado, principalmente suas finanças, porque assim, você conseguirá poupar, fazer cursos, e começar com certa folga.

Eu estou em um processo de mudança, que já comentei aqui no blog no post Autossabotagem e a aniquilação dos sonhos (clique aqui para ler o post). Neste post, eu dividi um pouco da minha experiência com o medo da mudança e as crenças limitantes que fizeram com que eu recuasse do meu objetivo. Depois de avaliar com calma, e decidir que é isso que eu quero fazer, eu resolvi me planejar. Mas como eu fiz isso? Atualmente, eu estou usando o método SMART.

S – Specific
M – Measurable
A – Attainable
R – Relevant
T – Time Based



Specific – Especifíca
Nesta etapa você precisa definir uma meta que seja específica, pois ela tem maiores chances de ser realizada. Caso você defina uma meta muito generalista, você corre o risco de não alcança-la. Por exemplo:

Meta vaga: Abrir meu próprio negócio
Meta específica: Abrir minha loja de doces (cupcakes, brigadeiros)

Measurable – Mensurável
Aqui você precisa definir os resultados do seu objetivo. Por exemplo, a sua meta é abrir uma loja de doces para vender cupcakes e brigadeiros e faturar no mínimo R$ 3.000,00 por mês. Colocando uma medida do quanto você quer ganhar, você vai conseguir perceber se o seu negócio está indo bem e se ainda falta algo para alcançar a métrica de R$ 3.000,00.

Attainable – Atingível
Sempre que você for estabelecer uma meta, ela deve ser alcançável. Eu já falei sobre isso no post A importância de estabelecer metas (clique aqui para ler o post). Não adianta você colocar objetivos que você não conseguirá cumprir. É importante avaliar com senso crítico para que você não fique perdido diante daquilo que você sonha.

Relevant – Relevant
Nesta etapa, você deve avaliar se este objetivo é mesmo relevante para você. Lembre-se que você talvez invista tempo, dinheiro, horas de sono ou lazer no seu objetivo. Então é muito importante avaliar o impacto disso na sua vida, é realmente isso que você quer? Liste quais serão os benefícios dessa meta na sua vida.

Time Based – Temporal
Aqui você precisará definir um prazo para sua meta se concretizar. É importante estabelecer um prazo, porque você pode cair na tentação da procrastinação, e nunca concluir o seu objetivo.



Então, qualquer que seja o seu objetivo, tenha foco e perseverança. É preciso se planejar e definir onde você quer chegar, em quanto tempo, quais os caminhos que devem ser percorridos, será preciso investir em cursos, poupar dinheiro. Tudo é uma questão de planejamento. Existem vários métodos que você pode usar (eu falarei sobre outro método que acho bem legal em um outro post) selecione o que tem mais haver com você, e comece. O que não dá é ficar sempre inventando uma desculpa e se deixar levar pelas dúvidas, que até são normais, mas se ficam tirando nosso sono e fazendo nossa vida ficar estagnada, talvez seja hora de repensar as crenças e medos que estão gerando estas dúvidas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário