terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Enquanto o amor não vem

Há algum tempo atrás, eu li um livro chamado “Enquanto o amor não vem” da Iyanla Vanzant. Eu achei um livro interessante, é meio água com açúcar, mas tem algumas passagens interessantes. Esse livro foca no ponto principal, que esperar pelo amor verdadeiro (meio Shrek esse termo, quando eu falo "amor verdadeiro", me lembro da Fiona, rs) na verdade é sair em busca de si mesmo. É viver a sua vida pautado naquilo que você gosta de fazer, encontrar prazer nas atividades que você faz sozinho, é encontrar a felicidade na própria companhia, porque quando o outro chegar você será um ser completo, e não precisará de ninguém para te completar, na verdade será um upgrade para aquilo que já é bom.

No começo do livro, ela fala o seguinte:

“Haverá um momento em sua vida em que o amor vai chegar. Antes disso, você terá feito tudo o que podia, tentado tudo o que podia, sofrido o quanto podia e desistido muitas vezes. Mas com a mesma certeza com que você está lendo esta página, posso lhe garantir que esse dia virá. Nesse meio tempo, este livro vai lhe contar muitas histórias e lhe ensinar algumas coisas
que você pode fazer para se preparar para o dia mais feliz de sua vida: o dia em que experimentar o amor verdadeiro.”



Na verdade esse “se preparar para o dia mais feliz da sua vida” não é muito adequado, porque ele dá a entender que você não viverá dias felizes enquanto seu amor não chegar. Eu não concordo muito com isso, porque acredito que podemos ser felizes, criar situações nas quais nós nos sentimos bem. E também não adianta sair por ai, sonhando topar com aquele cara maravilhoso em qualquer esquina, ou se você é homem, com aquela mulher linda e inteligente. Em minha opinião, a intenção é focar em você, e deixar de se preocupar em quando e como o amor virá.

“O amor é uma coisa engraçada. Ele nos encontra nas circunstâncias mais incomuns, no momento mais improvável. O amor cai de surpresa em cima de você, joga os braços em sua volta e transforma toda a sua existência. Infelizmente, a maioria de nós não reconhece a experiência ou entende o impacto quando está acontecendo. Talvez porque o amor raramente surja nos lugares em que esperamos ou tenha a aparência que imaginamos.”

Às vezes, eu me sinto julgada por estar sozinha, as pessoas não entendem o que eu busco, e acham que talvez eu esteja perdendo tempo, pelo contrário, eu estou investindo meu tempo, investindo em conhecimento, assistindo coisas legais, lendo livros bacanas, passeando por ai, revendo meus amigos, escrevendo, eu estou investindo em mim, porque eu gosto de ser assim. Não há nada de errado, se você ainda não encontrou o amor, e se você continuar sozinho, você estará tão completo de si mesmo, que isso não será um incômodo horrível. É uma fase da vida.



As pessoas tendem a olhar para quem está solteiro e tranquilo em relação a isto com certo espanto, afinal, isso não é possível, na verdade essa pessoa deve estar mentindo. Não, minha gente, não está. Pode notar, que quando uma amiga sua está triste por estar solteira, ela vai ficar repetindo isso para você um milhão de vezes, só vai falar que precisa encontrar alguém, que não aguenta mais ficar sozinha, é o desespero em forma de pessoa, rs. Então fique tranquilo, quando alguém está sozinho e feliz, não crie teorias da conspiração mirabolantes, deixe que as pessoas façam a sua estrada como achar melhor.

Se o amor chegar nesse meio tempo, ótimo, se der uma atrasada, continue vivendo a sua vida e se esqueça de olhar no relógio. Você é tão especial, tem tantas qualidades, tem tantas pessoas que te amam. Será que mesmo que não ter um “benhê” te faz pior que os outros? Eu acho que não. Enquanto o amor não vem, sonhe os seus sonhos, invista em você, faça coisas que você gosta, tem vontade de escalar uma montanha, vai, quer começar a escrever um blog, um livro, por que não.


Esqueça as convenções sociais que só trazem tristeza e sofrimento. Seja livre para ser você mesmo. Como você quer que seja esse amor, bem humorado, seja bem humorado você, quer que seja educado, comece sendo educado você, quer que seja um amor que faça meditação, faça meditação você, quer que tenha sonhos e metas, comece você a ter seus sonhos e metas, afinal semelhante atrai semelhante. Avalie como você está vivendo, e torne-se o amor que você quer ter.


Dica Floral
Se você está sofrendo com baixa autoestima por estar sozinho, o Floral Larch pode te ajudar. Este floral irá te ajudar a acreditar mais em si mesmo, ajuda você a ser quem você realmente é. Se quiser conhecer mais um pouco do meu trabalho como terapeuta floral, clique aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário