terça-feira, 26 de fevereiro de 2019

08 maneiras simples de descansar sua mente

Já aconteceu com você de sentir um certo cansaço, uma certa dificuldade para realizar suas tarefas diárias, uma espécie de estafa? Bom, comigo já, e muitas dessas vezes, eu percebi que na verdade era a minha mente que estava cansada, obviamente, existem doenças físicas que causam sintomas semelhantes, então sempre é bom também ficar atento aos sinais do corpo, mas se seu caso também é a mente cansada, eu separei 08 dicas simples que ajudam a descansar a mente. Se liga aí:

1 - Observe a natureza
Para mim estar na natureza é algo renovador. E quando eu me refiro à natureza, não necessariamente precisa ser escalar uma montanha, fazer um safári (o que pode ser muito legal, mas nem sempre é viável para todo mundo), você pode observar a natureza em um parque da sua cidade, ir em um jardim. Esse tipo de contato é muito benéfico para a mente, ajudando também na saúde física. Portanto, sempre que puder entre em contato com a natureza e observe as sensações que esse contato causa em você.


2 - Leia livros diferentes
Quais tipos de livro você costuma ler com mais frequência? Que tal, dar uma mudada? Por exemplo, se você costuma ler livros sobre autoconhecimento, que tal ler um pouco de ficção? Ou se você costuma ler livros de filosofia, que tal ler uns livros de romance? Entrar em contato com leituras diferentes desliga o piloto automático, e muda a rota dos pensamentos. De repente, a forma como você enxerga o mundo esteja muito engessada, e isso cansa a sua mente, quando você flexibiliza com pontos de vista diferentes dos habituais a sua mente encontra descanso em uma nova forma de pensar, ou simplesmente descansará pelo novo tipo de diversão que a nova leitura oferece.

3 - Pratique escrita terapêutica
Quando estamos com a mente acelerada, precisamos dar uma pausa para organizar os pensamentos e escrever pode ser uma ótima alternativa. Eu já escrevi um texto sobre esse assunto, então, se você se interessa por isso, clique aqui para ler.

4 - Ouça música
Aqui você precisa sentir quais as sensações que a música escolhida te causa. Para descansar a mente, as músicas escolhidas devem causar paz e bem estar, caso você escolha músicas que causem medo, raiva, tristeza, o efeito aqui pode ser inverso. Obviamente, tem um momento para cada tipo de música, então se o objetivo for descansar a mente, faça uma playlist mais cuidadosa e observe as sensações que a música escolhida está causando, se você se sentir bem, o objetivo de descansar a mente está sendo atingido. Vou deixar abaixo, um vídeo com músicas que gosto quando eu quero desanuviar a minha mente, talvez algumas delas façam sentido para você, mas monte a sua playlist de acordo com a sua personalidade, ok!




5 - Pratique yoga ou outra atividade física que você goste;
A prática de yoga é excelente para descansar a mente, com o tempo você percebe que quando inicia sua prática a sua mente ainda estará focando nos problemas diários, logo depois de alguns minutos, a sua mente estará com foco na postura, ou seja, ela automaticamente veio para o momento presente, que é uma das melhores formas de manter a mente saudável, estar no presente. Mas, caso você não se identifique com a prática de yoga, qualquer outra atividade física pode ser muito benéfica para você. Aqui embaixo, vou deixar um vídeo de yoga para ansiedade e stress do canal da Sarah Beth, que é em inglês, mas você pode colocar legenda em português e praticar. Eu gosto dela porque as práticas são suaves e fluídas.



6 - Pare de se comparar
Uma das coisas que cansa demais é a comparação. Se você se compara excessivamente com os outros, a sua mente vai estar sempre questionando o seu valor, bolando estratégias para se parecer com aquele com o qual você se compara, e diante desse cenário, o cansaço mental torna-se inevitável, se esse for seu caso, sugiro que assista o vídeo que gravei sobre "03 formas de lidar com a comparação". Tomando algumas das atitudes que sugeri no vídeo, você vai conseguir se desprender desse padrão, e consequente se sentirá mais saudável emocionalmente para tocar a sua vida.

7 - Tire um dia para você
Às vezes, tudo o que você precisa é um dia só para você. Ficar sozinho, ir fazer uma sessão de yoga, caminhar entre as árvores em um parque, uma sessão de massagem, uma volta de bicicleta no quarteirão, uma sessão de cinema, um passeio no shopping. Talvez, tudo que você precise é de um tempo para se retirar e pensar em si mesmo. Assim, a mente desacelera, e desacelerando você conseguirá observar com mais calma como se sente. Se precisar, tire um dia só para você e descanse.

8 - Medite
A última dica de hoje é a dica de ouro. A meditação é a melhor forma de descansar a mente. Como eu já escrevi diversas vezes sobre o assunto por aqui, hoje vou deixar com você, a sugestão de um artigo científico sobre meditação que prova os benefícios dessa prática. Então, é só começar e sentir os benefícios da prática em sua vida. 

Leia o artigo: Os benefícios da meditação: melhora na qualidade de vida, no controle do stress e no alcance de metas


Então, é isso aí, pratique uma dica ou as oito e simplesmente descanse um pouco. Se desligue da correria, saia da apatia, seja feliz, é o que eu desejo de coração para você!

sábado, 23 de fevereiro de 2019

Vídeo: 03 dicas para lidar com a comparação

Vídeo novo no canal. Vai lá assistir. Deixa o seu like, se gostar.

Te espero!


terça-feira, 19 de fevereiro de 2019

Descobri o meu propósito, mas...

Vira e mexe, nós lemos algum artigo ou livro, ou ainda assistimos algum vídeo ou palestra falando em como encontrar o propósito de vida, aquilo que te deixa feliz e faz o seu coração mais calmo e tranquilo. Se você fizer uma busca no Google digitando as palavras "como encontrar o meu propósito" irá entrar em contato com inúmeras ferramentas que ajudam nesta questão. 

Eu mesma, encontrei o meu propósito, que é trabalhar com terapias e desenvolvimento pessoal. Então, em 2016 eu comecei o blog, compartilhando por aqui tudo o que aprendo e as minhas experiências na área de autoconhecimento. Comecei a atender como terapeuta floral (esporadicamente), e agora quero investir em cursos de desenvolvimento pessoal. Até então, tudo certo, aparentemente eu encontrei o mapa da mina, sim, encontrei o mapa da mina, mas não ainda, o tesouro. Deixa eu te explicar melhor...



Encontrar o propósito nem sempre significa que você irá imediatamente viver só fazendo isso da sua vida, que vai ganhar dinheiro e imediatamente se sustentar do seu propósito. Hoje, eu vejo que nem todas as fórmulas funcionam para todas as pessoas, e pelo menos para mim, neste momento da minha vida, eu enxergo alguma distância entre o ponto inicial do mapa (descoberta do propósito) e o tesouro (viver do propósito).

A gente encontra o tal do propósito, tem certeza que é isso que quer para a vida, mas às vezes, as coisas não acontecem conforme o planejado. É nessa hora que a realidade bate à sua porta, e te mostra que descobrir o seu propósito não é a chave mágica para a resolução de todos os seus problemas, na verdade, este só foi o primeiro passo, é nessa hora que entra o trabalho de persistência, consistência e identificação da motivação principal, porque quando se tem o mapa, mas nunca se chega ao tesouro, a vontade de desistir fica grande.

Para que você não desista do seu propósito, eu sugiro que você identifique a motivação principal, por exemplo, quando eu iniciei o blog a minha motivação principal era e continua a ser:

"Ajudar as pessoas a entrarem em contato com o melhor delas, seja através de um texto, de uma mensagem, de um vídeo ou de uma terapia, no caso a terapia floral. Meu objetivo é compartilhar as minhas experiências de autoconhecimento, coisas que deram certo para mim e me ajudam em minha caminhada." 



É essa motivação "ajudar as pessoas a entrarem em contato com o melhor delas" é que não me deixa desistir quando desanimo, quando constato que tenho o mapa, mas o caminho até o tesouro parece distante. Então, se esse é o seu caso, saiba que é normal e que muita gente não consegue ainda viver do propósito, e que talvez isso não seja motivo para você desistir. Identifique a motivação principal e trabalhe com persistência e consistência, um dia de cada vez e dando pequenos passos em direção ao seu objetivo.

Talvez, você só possa se dedicar ao seu propósito uma vez por semana, ou aos finais de semana, talvez uma vez por mês, não importa. Se você identificou a motivação principal e se ela ainda ressoa com o seu coração, continue, mesmo que o tesouro ainda pareça distante. Trabalhe a persistência e consistência e lembre-se que:

"A jornada de mil quilômetros começa com o primeiro passo." Lao Tsé


domingo, 3 de fevereiro de 2019

04 documentários interessantes para você assistir

Você já pensou no quanto pode aprender e refletir assistindo documentários? Eu estou aprendendo a gostar deste tipo de material, e muitos deles me fizeram refletir em relação à diversas questões. Eu sei que quando estamos em casa, em um dia tedioso ou até chuvoso, a vontade é de ler um livro ou colocar a série da vez em dia, mas você poderia dar uma chance para os documentários, pois esta pode ser uma boa oportunidade para aprender um pouco mais sobre saúde, meio ambiente, qualidade de vida, autoconhecimento, entre outros assuntos importantes.

Eu separei para você, uma dica de 04 documentários que assisti e gostei, então escolha um ou mais, e aperta o play!




1 - Minimalismo: um documentário sobre as coisas importantes
Este documentário fala sobre a experiência de algumas pessoas seguindo uma filosofia de vida, denominada minimalismo. Atualmente, temos muitos materiais disponíveis sobre esse assunto, mas eu recomendo este documentário porque de certa forma ele ajuda a desmistificar o minimalismo, fala um pouco sobre a influência das propagandas em nossas escolhas, temos também alguns exemplos de como a meditação pode ajudar a mudar vidas, e também como um estilo de vida mais simples pode influenciar na não progressão de doenças graves como a esclerose múltipla. Eu gostei bastante deste documentário, portanto, se você quer saber um pouco mais sobre minimalismo, de uma forma clara e desmistificada, recomendo esse documentário, você vai ver que minimalismo não é sobre se isolar, viver só com uma peça de roupa, vai perceber que na verdade tem mais a ver com consumismo compulsório. Um dos pontos importantes é que ele sugere que devemos questionar o que realmente adiciona valor à nossa vida. Quantas e quantas vezes, compramos ou consumimos coisas por impulso, modismos, propagandas, enfim, será que realmente precisamos de tudo o que consumimos? Obviamente, cada pessoa tem a sua necessidade, mas acredito que chega um momento que devemos realmente nos questionar sobre o real valor dessas coisas em nossas vidas, e o quanto estamos influenciando inclusive na manutenção do Planeta. Achei um documentário bem interessante, caso te interesse, ele está disponível na Netflix.


"Ame as pessoas e use as coisas, porque o oposto nunca dá certo." Joshua Fields Millburn



Recomendo este vídeo do canal "The Whole Happy Life". Ative a tradução para legenda em português, ok!


"5 Minimalism Myths - 5 mitos do Minimalismo"



2 - The mask you live in
Este foi outro documentário que assisti, gostei e também recomendo. The mask you live in fala sobre a saúde emocional das crianças e como podemos atuar para educar uma geração de homens saudáveis.
Quantas e quantas vezes você ouviu alguém dizer para um garoto:

- Isso é coisa de menina.
- Homem não chora.

Eu, infelizmente ouvi pessoas dizerem isto e outras coisas, diversas vezes  e hoje percebo o quanto frases deste tipo ajudam a reforçar a masculinidade tóxica, onde homens e mulheres saem prejudicados. Acredito que este documentário é essencial para todas as pessoas, e acredito que nós temos potencial para mudar esse padrão, e ajudarmos na formação de seres humanos mais saudáveis. Este documentário você encontrará na Netflix, e também no Youtube.


Recomendo também este excelente vídeo da Gisela Vallin


"A libertação do feminino no homem"


3 - Happy
O documentário Happy discute sobre a nossa busca pela felicidade verdadeira. Neste documentário, fala-se sobre como é a representação da felicidade para cada cultura e como cada pessoa se relaciona com a ideia de felicidade. Vale a pena assistir, este documentário está disponível na Netflix.

4 - Eu - maior
Eu maior é um documentário muito interessante, é uma reflexão muito rica sobre autoconhecimento. Caso decida assistir, você entrará em contato com opiniões de líderes espirituais, atores, personalidades do esporte, entre outros falando sobre a busca da felicidade, os desafios da vida e autoconhecimento.
Se você está em um processo de autoconhecimento, e se esta jornada faz sentido para você, assista este documentário, é muito bom.



E você já assistiu algum desses documentários? Se sim, o que achou?

E se tiver alguma dica compartilha com a gente aqui nos comentários ;)