quinta-feira, 15 de agosto de 2019

Motivação: Quanto valor você agrega para si e para os outros?

Esses dias, eu ministrei um treinamento para o pessoal da produção da empresa onde trabalho como farmacêutica. O treinamento era sobre "Qualidade na Produção de Alimentos", e numa certa altura do treinamento, eu perguntei para cada funcionário qual era a missão dele na empresa.

Cada um deu a sua resposta. Neste caso, não há resposta certa e errada, pois cada resposta vai refletir as experiências de vida, aquilo se aprendeu sobre prestação de serviço, a realidade atual, enfim, cada um terá uma resposta diferente. E considerando a resposta de cada um, convidei-os a refletir sobre a principal missão deles como funcionários da produção e sobre a responsabilidade na qualidade do produto. Convidei cada um a pensar na importância que eles exercem na vida de cada pessoa que compra o produto, pois quando um funcionário decide trabalhar corretamente, principalmente na área de alimentos, ele agrega valor na vida de alguém, ele evita que contaminações ocorram, que alguém passe mal devido a um produto estragado. E percebi, que a grande maioria deles desconhece a sua própria importância na cadeia de produção, e como somos ensinados a automatizar tudo e esquecer qual é o nosso papel principal em nossas atividades profissionais. 



Você que anda meio desmotivado/desmotivada profissionalmente já parou para se perguntar sobre o valor que a sua profissão agrega na vida das pessoas e até na sua própria vida?

Nós temos a mania de glorificar profissões em detrimento de outras, como se houvessem profissões mais importantes que outras. Todas agregam valor. Veja só, o cara que trabalha no envase de perfumes agrega valor para a pessoal que se sente bem ao usar aquele perfume, a pessoa que trabalha no banco agrega valor à vida de quem precisa resolver um problema financeiro, a pessoa que varre o parque agrega valor na vida dos transeuntes que passam pelo parque, o motorista do ônibus agrega valor na vida das pessoas que precisam ir ao trabalho, que precisam ir ao médico, o cara da produção de alimentos agrega valor na vida da pessoa que precisa comer um alimento de qualidade, e não vai ter uma diarreia depois por causa de uma contaminação.

Todos nós, estamos agregando valor na vida de alguém, e também em nossas vidas.
Quando me sinto desmotivada, eu costumo pensar no valor que meu trabalho agrega, tanto como farmacêutica e como terapeuta floral. E penso: "Como posso dar o meu melhor hoje?"



Claro, que os momentos de desânimo acontecem, e são normais. O que não é normal, é não conseguir sair desse desânimo e não encontrar mais saída. Por isso, é sempre importante avaliarmos em que ponto do caminho nós nos encontramos. Pensar no valor que trazemos ajuda a nos mantermos trabalhando pelos nossos sonhos e objetivos, mesmo que eles já estejam em fase de mudança, afinal, ninguém precisa ser o mesmo até o resto da vida.

Portanto, nunca, em hipótese alguma, esqueça do valor que você agrega para você e para os outros.
Você tem muito para contribuir com o mundo, dentro do que você é e dentro do que você faz. Talvez, o que falte para você é se dar conta disso.

Reflita!

Até o próximo post :)

Nenhum comentário:

Postar um comentário