Necessidade da opinião dos outros - Como confiar mais em si mesmo(a) + Dica de florais

Se alguém te fizesse a seguinte pergunta:

- Você se sente confortável com suas escolhas? Você se sente confortável ao escolher uma roupa sozinho, escolher um lugar para passar as férias, decidir por um emprego ou até decidir sozinho se dá ou não uma chance para determinada pessoa?

Qual seria a sua resposta para as questões acima?




Eu vou compartilhar com você a minha resposta de anos atrás para essas questões. Provavelmente, eu responderia NÃO. Não eu não me sentia confortável com minhas próprias escolhas. Eu não me sentia confortável ao escolher uma roupa ou sapatos sozinha, eu não me sentia confortável em escolher um passeio, eu não me sentia confortável ao decidir sobre uma oportunidade de trabalho, e eu não me sentia confortável ao decidir sobre relacionamentos.

E sabe por quê?

Porque eu não confiava em mim mesma, na minha capacidade de escolha e tinha um medo enorme de ser julgada por alguma decisão equivocada que eu fizesse. O que eu não entendia na época é que me ausentar das decisões sobre a minha vida fazia com que eu perdesse todo o meu poder pessoal, além do que de certa forma, eu trabalhava com uma transferência de responsabilidade, pois uma vez que não fui eu a "verdadeira" responsável pela decisão eu poderia transferir a responsabilidade para os outros caso algo desse errado, alegando da seguinte forma:

"Mas, foi você que disse que eu deveria agir assim."

Você consegue perceber a falta de poder pessoal neste comportamento e a tendência de responsabilizar os outros por aquilo que de certa forma dependia só de mim?




Quero te convidar a refletir sobre isso, principalmente se você identificou traços desse comportamento em seu dia a dia. O que pode estar por trás dessa necessidade da opinião dos outros? Insegurança, medo de falhar, medo de ser julgado? 

Veja bem, eu não estou dizendo que você não deva consultar pessoas. Você pode sim fazer isso, e dependendo do caso, isso pode ser muito benéfico para você. Estou me referindo, aqui aos casos em que não se consegue decidir por coisas triviais, como um corte de cabelo, a cor da roupa e até por coisas mais sérias, como um parceiro amoroso ou uma oportunidade de trabalho, sozinho, fazendo-se necessário a consulta à alguém para se continuar caminhando. Correndo inclusive o risco da estagnação caso não haja alguém em quem se apoiar para decidir.

Quero que você procure entender o que pode estar por trás desse comportamento, e como isso está apagando todo o seu brilho, o quanto isso pode estar ofuscando a luz do seu coração, pois ao emudecer a sua intuição, você apaga a capacidade do seu coração lhe mostrar o caminho. Pois lá no nosso íntimo, nós sempre temos as respostas que buscamos, mas a nossa necessidade de validação exterior e o nosso medo, nos faz emudecer e calamos assim nossa intuição.

Mas, o que fazer para recuperarmos o nosso poder pessoal, a nossa intuição e a nossa capacidade de escolher com segurança?

Só uma observação, se você procura por soluções mágicas, é melhor nem continuar lendo o post, pois o que é sugerido aqui é um trabalho de cura interior e que exige dedicação e não pílulas mágicas que fazem todo o trabalho difícil, no autoconhecimento, fórmulas mágicas não existem, combinados!

- Terapia
A terapia pode te ajudar a entender o que acontece em seu interior. De onde estão vindo seus medos e inseguranças e a melhor forma de trabalhar com eles. Lembrando, que o processo terapêutico não é mágico, e o trabalho de descobrimento de nós mesmos depende mais da gente do que do terapeuta. É um caminho com algumas sugestões, mas que depende muito mais de nós mesmos. Parece difícil e complicado no começo, mas o resultado é muito satisfatório.

- Meditação
A meditação é uma ferramenta perfeita para ativar a intuição, e quando você percebe que sua intuição está sempre trabalhando ao seu favor, fica muito mais fácil decidir e agir, e não de um estado de medo e insegurança e sim de um estado de tranquilidade, confiança e paz. Comece com cinco minutos diários, e vá aumentando gradativamente. Quanto mais você praticar, mais irá perceber as suas alterações de humor, reconhecer as sensações em seu corpo, mais você se verá como um ser inteiro, capaz de recuperar todo o seu poder pessoal, independente das circunstâncias, sejam elas boas ou ruins em sua vida.

"...Mas se você escutar erradamente – isto é, cheio de sua mente, cheio de seu lixo, repleto de seu conhecimento – assim você não irá permitir seu coração responder a verdade. Você irá perder a tremenda possibilidade, você perderá a sincronicidade. Seu coração estava preparado para responder a verdade… ele só responde a verdade, lembre-se, ele nunca responde ao falso. Com o inverídico ele permanece inteiramente silencioso, impassível, indiferente, quieto. Com a verdade ele começa a dançar, começa a cantar e os lótus se abrem, e a terra inteira é despertada." Trecho do texto "Escutar" - Osho




- Florais de Bach
Para tratar a dependência da opinião dos outros, pode-se utilizar primeiramente dois florais, o CERATO e o LARCH.
O floral CERATO faz parte do grupo de florais para os que sofrem de indecisão. Segundo o Dr. Edward Bach, o CERATO é "para os que não têm bastante confiança em si mesmos para tomar as próprias decisões. Estão constantemente pedindo conselhos aos outros, sendo muitas vezes mal aconselhados."
Já o floral LARCH faz parte do grupo de florais indicados para o desalento e desespero, e de acordo com o Dr. Bach, ele é indicado "para os que não se consideram tão bons nem tão capacitados quanto quem os rodeia, e que esperam o fracasso, sentindo que nunca farão nada bem, e que, por isso, não se arriscam nem se esforçam o suficiente para obter êxito."

Se você quiser tomar os florais acima, pode pedir para manipular os dois juntos e tomar 4 gotas 4 vezes ao dia. Só lembrando, que essa é uma fórmula básica, e que se você necessitar de um tratamento mais aprofundado, talvez seja interessante buscar por um terapeuta floral, que pode ser qualquer um de sua confiança, mas se quiser saber mais sobre o meu trabalho é só clicar aqui.

Sugestão de música - Faith - Céline Dion



Te vejo no próximo post ;)




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Quando nosso balão esvazia - Ações alinhadas para se reconectar

As peças que a vida nos prega

Como descobrir a sua essência