RÓTULOS NEGATIVOS QUE LIMITAM NOSSO DESENVOLVIMENTO PESSOAL

abril 23, 2020


Por Angélica Diniz

Você já pensou como anda se rotulando ou rotulando as outras pessoas?
Mas, antes que você responda essa pergunta vamos entender dois conceitos importantes, vamos entender o que significa a palavra rótulo e o conceito de desenvolvimento pessoal.

Rótulo é uma informação, uma etiqueta colocada em um produto, com o objetivo de informar as características daquele produto.

Desenvolvimento pessoal é o processo de melhorar as habilidades e qualidades, considerando os objetivos de vida.

Partindo da definição de rótulo e desenvolvimento pessoal, será que é possível nos desenvolvermos plenamente ou apoiar o desenvolvimento dos outros se nos rotulamos negativamente e fazemos isso também com outras pessoas?

Os rótulos negativos acabam por definir uma identidade que nem sempre é real, pois na grande maioria das vezes são elaborados com base em julgamentos negativos, suposições, visão destorcida da realidade, e isso pode ser nocivo tanto se ocorrer a auto rotulagem ou a rotulagem de terceiros.

Então, se você se rotula ou acredita em algum rótulo colocado em você, seu processo de desenvolvimento pessoal ficará um pouco mais travado até que as crenças que você tem sobre si mesmo sejam desfeitas. O mesmo vale para quando rotulamos outras pessoas, acabamos agindo como agentes causadores da trava no desenvolvimento pessoal.


Por exemplo, como conseguirei melhorar as minhas habilidades e qualidades se acredito que não as possuo? Talvez, você queira abrir uma empresa, mas lá na sua adolescência alguém te rotulou como um péssimo administrador porque você não conseguiu administrar uma mesada, talvez a frase dita foi: "Nossa você é ruim com dinheiro hein, não consegue nem guardar a mesada." E naquele momento, essa frase criou raiz e tornou-se uma verdade para você. Assumindo este rótulo, que vez ou outra, surge na sua mente, todas as suas ações para abrir uma empresa serão realizadas de uma forma que comprove que você é realmente um péssimo administrador.

Ou talvez, você seja pai, mãe, professor, e disse para uma criança que ela era burra quando ela não conseguiu resolver aquele problema de matemática, mais um rótulo negativo, que pode ou não marcar aquela criança. Tudo vai depender da sua susceptibilidade às palavras de terceiros, mas na grande maioria das vezes, crianças estão formando a sua identidade e muitas vezes estão em busca de aprovação, e podem assimilar como verdades palavras negativas ditas sobre elas.

Hoje, eu te convido a sentar calmamente, em um lugar onde não haja interferências, sugiro que você respire profundamente três vezes, e observe seus pensamentos sobre si mesmo. Pergunte a si mesmo: "Quais são os rótulos negativos sobre mim que continuo a sustentar?" Anote-os. Depois disso, trabalhe no sentido oposto, escreva o oposto ao rótulo identificado, por exemplo, se identificou o seguinte rótulo: "Não nasci para o amor." Escreva o contrário: "Eu mereço ser amado". Se o rótulo foi: "Sou muito desligado e burro." Escreva: "Estou sempre atento ao presente e sou inteligente."

Parece um exercício bobo e simples, mas não é. A prática irá ajudar você a reprogramar a sua mente através das afirmações positivas. Se puder, escreva bilhetes com as novas frases e cole-as em um local que você possa ler várias vezes por dia.


E se você anda rotulando outras pessoas, pense um pouquinho à respeito dessas palavras:

"Há palavras que ferem como espada, mas a língua dos sábios traz a cura." - Provérbios 12:18

"A tua palavra é lâmpada que ilumina os meus passos e luz que clareia o meu caminho." Salmos 119:105

E caso deseje se aprofundar mais no assunto, pode agendar uma sessão de terapia comigo, para saber mais, é só clicar aqui.

Saúde, paz e luz para você!

Até o próximo post!

Nenhum comentário:

Imagens de tema por merrymoonmary. Tecnologia do Blogger.