VIDA EMPACADA? OBSERVE ESTES COMPORTAMENTOS

junho 01, 2020


Por Angélica Diniz

Você já sentiu uma sensação de vida empacada em algum momento da sua caminhada?
A sensação é de que as coisas não andam, não vão para frente. E pode ter sido que você em algum momento tenha dito ou pensado: "Eu hein, parece que a minha vida está empacada."

Quando a nossa vida parece estar empacada, parada e sem movimento, é sempre bom avaliarmos o nosso comportamento diante das situações. Será que a maneira que estamos reagindo não pode estar nos prejudicando?

Diante disso, eu selecionei para você cinco comportamentos típicos que fazem com que nós sejamos os responsáveis pela paralisação em nossa vida, muitas vezes, repetimos esses comportamentos e sequer notamos porque eles se tornaram um hábito, chegando a se tornarem comuns, e neste ponto, muitas vezes sozinhos, não conseguimos notar a nocividade desses comportamentos.

Caso, você esteja passando por um momento onde parece que tudo está empacado, avalie se você possui alguns desses comportamentos, quando notamos a repetição de um padrão nocivo, fica mais fácil trabalhá-lo, porque agora ficamos conscientes, e a partir deste ponto, podemos avaliar qual é a melhor forma de melhorar esse comportamento.




1) Manter relacionamentos por carência

- Está com alguém somente por carência
Todo mundo vai se sentir carente de carinho e atenção em alguma época da vida, uns mais outros menos. Humanos são seres relacionais, nós sentimos necessidade de nos relacionarmos e isso é bom. O problema está no excesso de carência, ou seja, quando fazemos escolhas baseando-nos na carência desenfreada. Pode-se perceber que aquela pessoa não é o que realmente queremos, mas a carência faz com que voltemos a procurá-la ou mantê-la em nossa vida, mesmo quando as coisas estão ruins.
Neste caso, é preciso fazer uma leitura de seu comportamento, crenças, experiências, para saber o que motiva essa atitude. Um floral que pode ajudar neste comportamento é o Heather, sempre acompanhado de um processo de autoconhecimento.

- Querer que a pessoa te ame ou te aceite quando ela já se mostrou desinteressada
Ficar insistindo em um amor ou em uma amizade, onde o desinteresse é explicito prejudica muito a autoestima, na verdade, esse comportamento já demonstra que existem padrões relacionados à autoestima que precisam ser trabalhados. É muito chato, quando tentamos impor a nossa presença à alguém que não tem nenhum interesse na gente, nós nos tornamos inconvenientes e nos fechamos para as infinitas possibilidades da vida, porque enxergamos somente um caminho, somente aquela pessoa. E isso empaca a vida de um jeito impressionante. Invista mais em você, no que te faz bem, e se o outro não consegue enxergar você, paciência, concentre-se nas infinitas possibilidades da vida e siga em frente.

2) Excesso de competição

- Quer vencer tudo
Você já parou para pensar se você é muito competitiva(o)? Ser uma pessoa muito competitiva pode ser algo negativo, principalmente se isso influencia em seus relacionamentos. Sabe quando a pessoa quer ser boa em tudo, e sempre melhor do que os outros? Isso pode causar desentendimentos e uma certa aversão das pessoas. O excesso de competitividade pode fazer com que você deixe de enxergar os outros e só veja a sua necessidade de sempre estar em primeiro lugar em todas as coisas da vida, afastando quem você ama. Por isso, se este comportamento faz parte da sua vida e se você sente que ele te prejudica, talvez seja o momento de repensá-lo.

"O excesso de competitividade sempre vai lhe ajudar a deixar muitos para trás, inclusive aqueles que lhe amam." Mário Franco

3) Querer agradar à todos

Eu já fui uma pessoa que sempre quis agradar à todos, e isso vinha do meu medo de ser rejeitada. Hoje, depois de entender isso, eu consigo lidar com a inclinação para esse comportamento. O que percebi nutrindo esse comportamento por anos, é que quanto mais eu tentava agradar os outros, mais eu me afastava de mim, e quando nos afastamos de nós mesmos, a nossa vida empaca. Por isso, é importante, avaliarmos se este comportamento está funcionando ou não para gente, e buscar mudá-lo para a vida fluir e melhorar.



4) Excesso de reclamação

A reclamação pode causar prejuízos para a nossa saúde mental e física. Ficar perto de alguém que só reclama é chato e ficamos incomodados é ou não é? Focar sempre no negativo, vai trazer mais do negativo para sua vida. Quando perceber que você está reclamando demais, pare e pense em algo positivo. Comece a tirar a sua mente deste padrão fazendo a troca imediata do pensamento. Isso vai ajudar a sua vida a fluir.

5) Quer controlar tudo 

Existem coisas que dependem da gente, e existem coisas que fogem do nosso controle. A vida é assim. Não tem como controlar tudo e o quanto antes percebemos isso, mais a vida flui. É preciso avaliar o quanto você quer controlar em relação a si mesmo, e em relação aos outros. Muitas vezes, na ansiedade de controlar tudo, pode-se interferir na vida dos outros e não deixar que eles respirem e resolvam as próprias situações, trazendo desentendimentos nos relacionamentos, stress e ansiedade. É importante incorporar e Elsa (Frozen) e mandar um Let it go - Deixar ir aquilo que não podemos controlar, certo!




Te vejo no próximo post e para saber mais sobre terapia floral, clique aqui

Nenhum comentário:

Imagens de tema por merrymoonmary. Tecnologia do Blogger.