sábado, 30 de abril de 2016

Praticar yoga em casa

Muitas pessoas acham que praticar yoga é super difícil, que vão ter que ficar de cabeça para baixo, e muitas acham que para praticar yoga é necessário ter muita flexibilidade corporal. É claro que existem as posturas invertidas, que são mais complicadinhas, eu por exemplo, não consigo fazê-las ainda, e não possuo tanta flexibilidade corporal, mas isso não me impede de praticar. A prática de yoga é super tranquila e é possível para qualquer pessoa, desde que não existam restrições médicas.

É claro que praticar yoga em um espaço com um bom instrutor é muito bom, você conhece pessoas novas, aprende muito com seu professor, há a música, o cheirinho gostoso do incenso, mas nem sempre é possível pagar, até porque as aulas de yoga em um espaço geralmente são mais caras do que as academias por exemplo, e isso é completamente normal, uma vez que o instrutor estuda bastante e se informa sobre as práticas para atender seus alunos da melhor forma.

Eu pratiquei yoga em um espaço aqui na minha cidade por 1 ano e meio, mas ano passado tive que abandonar as aulas porque não dava mais para pagar, eu ainda tinha o gasto com passagem de ônibus. Mas, eu já estava apaixonada pela prática e por toda a filosofia do yoga, então decidi fazer as posturas em casa, e posso te afirmar que é perfeitamente possível, se você tiver disciplina e força de vontade. Mas, por onde começar?

Para praticar yoga você vai precisar de um mat (tapetinho). Eu comprei o meu no Mercado Livre, e chegou super rápido, e não tive nenhum problema, caso você não possa comprar o mat, você pode usar um edredom para realizar as posturas. Defina um tempo de prática, pode ser meia hora ou uma hora por dia, de preferência de 2 a 3 vezes por semana, para que você possa observar melhor os resultados.

No youtube, existem vários canais de yoga, em português, inglês. O importante é você escolher um canal que tenha vídeos de posturas para iniciantes, coloque na busca do youtube, yoga para iniciantes, e você vai ver a diversidade de vídeos disponíveis.

Eu utilizei os vídeos do youtube por um tempo, mas eu estava me perdendo nas práticas, então resolvi investir em livros para me auxiliar. Primeiramente comprei o livro "Yoga para nervosos" do Prof. Hermógenes, e fui seguindo algumas posturas. Depois comprei o livro que estou usando atualmente, e que vou te indicar. Esse livro se chama "Curso essencial de Ioga - Publifolha", custa em torno de R$ 32,00 nas Lojas Americanas, onde eu comprei o meu. 

Este livro é muito bom, ele te auxilia a montar a sua prática de uma forma mais consciente e com mais informações. Ele possui 38 posturas fundamentais do yoga e é dividido em três capítulos. Abaixo do nome de cada postura há informações sobre a mesma, qual músculo está sendo trabalhado, qual órgão será beneficiado. Vale muito a pena, para quem não pode pagar para fazer aulas em um espaço legal.

Lembre-se que um dos princípios do yoga é a não violência, e isso inclui seu corpo, então se durante a prática você sentir dores, desconforto, interrompa a postura, o objetivo é se ajudar, e não se machucar.

Espero que você inicie sua prática e sempre que eu puder darei dicas de posturas, e falarei um pouco mais sobre cada uma delas. 

Boa Prática! Namastê!







Obs: Este post não é patrocinado.




sexta-feira, 29 de abril de 2016

10 dicas para você levar sua vida de forma mais leve e equilibrada


Todos os dias acontecem diversas situações em nossa vida. Alguns desses acontecimentos nos deixam mais felizes, outros nos deixam um pouco mais tristes. Mas, felizmente existem formas de levar a vida com mais leveza e equilíbrio, e isso pode nos trazer muitos benefícios. Você não precisa seguir todas as dez dicas de uma vez, escolha uma, ou duas e mantenha o foco, sempre pensando no seu bem-estar e no seu crescimento pessoal.

1 Faça um esporte ou alguma atividade física
Movimentar o corpo aumenta o nível de neurotransmissores, como dopamina, serotonina e noradrenalina que causam uma sensação de relaxamento e bem estar. Você pode escolher uma atividade com a qual você mais se identifique, pode ser natação, caminhada, ir à academia, yoga, pilates. Eu escolhi yoga e não me arrependi. Escolha algo que te faça bem.

 Equilíbrio, Yoga, Praia, Relaxar, Pôr Do Sol

2 Pare de se preocupar com a opinião dos outros
Muitas vezes nós deixamos de fazer algo que gostamos, ou desistimos de um projeto, de um sonho, porque estamos sempre nos preocupando com a opinião alheia. As pessoas sempre irão pensar algo sobre você, é bom termos em mente que nós não temos controle sobre os pensamentos das outras pessoas, e tudo o que elas pensam ao nosso respeito, ainda bem né.  Então relaxa e vai ser feliz.

3 Escreva
Você já tentou escrever sobre um sentimento, ou sobre alguma sensação ruim que você viveu ou está vivendo? Você pode fazer uma espécie de diário, ou pegar uma caderneta, caderno e escrever sobre aquele momento. Coloque no papel suas angústias, frustrações, medos, leia, releia, sinta como a cada leitura, a tensão vai diminuindo. Depois, perdoe-se e se for possível perdoe quem te causou este mal estar. Você vai se sentir mais leve.

4 Medite
A meditação é uma ótima atividade para manter sua saúde e bem-estar, ela ajuda na concentração, e te dá a capacidade de olhar para os problemas de uma forma mais ampla, é como se você estivesse analisando tudo aquilo de fora. Se você tem dúvidas sobre meditação, leia artigos, ouça meditações guiadas. No youtube há uma infinidade de canais que oferecem a prática de meditação. 

5 Alimente-se bem
Escolha no seu dia a dia alimentos mais saudáveis, que tenham quantidades significativas de vitaminas, minerais, proteínas. Como mais frutas e vegetais crus. De vez em quando você pode comer algo diferente, quem não enfia o pé na jaca às vezes? Mas não faça dos hábitos alimentares ruins a sua rotina, as besteiras que comemos são na maioria das vezes, calorias vazias, ou seja, não trazem nenhum benefício à saúde. Fique esperto, escolha bem seus alimentos.

6 Leia, aprenda
Escolha um assunto que desperte o seu interesse. Pode ser algo relacionado à sua profissão, um hobby, culinária, meio-ambiente. Eu, por exemplo, gosto de assuntos sobre autoconhecimento, então estou sempre pesquisando sobre yoga, EFT (Emotional Freedom Techniques), florais, entre outros. Escolha algo e mergulhe neste tema, você vai ver quanta coisa legal você pode aprender.

7 Beba água
Muitas vezes nos esquecemos de tomar água, devido à correria do dia a dia, acabamos negligenciando este hábito saudável. Eu não tinha o costume de beber água diariamente e depois de uma recomendação médica, passei a beber cerca de 2 litros por dia, eu senti a diferença no funcionamento do intestino, na pele. A água ajuda a controlar a pressão arterial, melhora o funcionamento intestinal, remove as toxinas do organismo, ajuda no bom funcionamento dos rins, hidrata a pele. O ideal é tomar pequenas quantidades ao longo, tomando água aos poucos o seu organismo aproveita melhor.

8 Tenha cuidado com pessoas muito negativas
Você já percebeu que às vezes após conversar com uma pessoa você se sente desanimado, cansado, enjoado  ou até com dores de cabeça. Pois bem, isso acontece porque algumas pessoas tem tanta negatividade e acabam sugando as suas energias, são os chamados “vampiros energéticos”. Nem sempre essas pessoas fazem isso por mal, algumas vezes, elas não têm consciência de sua negatividade. Essas pessoas podem ser da sua família, um amigo, um colega de trabalho. Não dá para nos afastarmos dessas pessoas não é mesmo? Então você deve identificar este tipo de pessoa e se proteger emocionalmente, não dê tanta atenção à negatividade delas e não entre no jogo.

 Smiley, Emoji, Emote, Símbolo, Emoticon, Rosto, Cabeça


9 Faça automassagem
Você já ouviu falar sobre reflexologia podal? É uma massagem feita nos pés em pontos específicos que aumentam a sensação de relaxamento, bem-estar e ajuda no tratamento de algumas doenças. Você pode utilizar óleos essenciais e trabalhar aromaterapia junto, ou até utilizar um creme de sua preferência. Ao fazer a massagem nos pés, pense na sua saúde perfeita, imagine-se saudável, eu tenho certeza que você vai se sentir bem.
 
10 Acredite mais em si mesmo
Muitas vezes nós duvidamos da nossa capacidade, achamos que não somos bons o bastante para determinada atividade, para realizar aquele sonho, entre outras coisas. Mas, isso tudo são crenças limitantes, comece a avaliar os seus pensamentos, analise-os e pergunte-se por que eu acho isso de mim mesmo. Comece a assumir o controle de sua vida.

 Bebê, Casal, Anéis De Casamento, Mulher, Homem, Criança


 Bom final de semana!

Figura 1: https://pixabay.com/pt/equil%C3%ADbrio-yoga-praia-relaxar-1107484/
Figura 2:https://pixabay.com/pt/smiley-emoji-emote-s%C3%ADmbolo-1041796/
Figura 3: https://pixabay.com/pt/beb%C3%AA-casal-an%C3%A9is-de-casamento-1150109/

quarta-feira, 27 de abril de 2016

Mimulus – Medos concretos




A essência floral Mimulus é preparada através do método solar. É um floral relacionado aos medos concretos, por exemplo, medo de falar em público, medo de doenças, medo do escuro, medo de morrer, entre outros.

Mimulus, Almíscar De Macaco, Flor De Macaco, Amarela


As pessoas do tipo Mimulus tendem a apresentar um comportamento mais reservado, muitos apresentam timidez e ansiedade. Ao utilizar Mimulus a pessoa começa a enfrentar os desafios com mais coragem. Este floral ajuda na superação dos próprios medos e faz com que haja maior determinação para enfrentar as dificuldades.

O medo tem como principal objetivo a proteção, sendo portanto, uma característica inata, uma emoção primária dos seres humanos. Vamos pensar, se não tivéssemos medo quantas coisas que colocam a nossa vida em risco poderíamos fazer, por exemplo, pular de um prédio de 13 andares, tocar numa rede elétrica de alta tensão, entre outros. Então, o medo não é tão ruim, ele ajuda a preservar a vida. 

Insegurança, Medo, Isolado, Preocupado Com, Ansiedade

O lado negativo do medo se inicia no momento em que ele começa a aparecer fora dos acontecimentos que representam um perigo real, por exemplo, medo de dirigir, medo de sair de casa, medo irracional de doenças, medo de falar em público. Nesta hora, começamos a sentir a nossa vida paralisada, então você começa a se perguntar, como seria a sua vida se você não sentisse aquele medo, o que você viveria, como a sua vida estaria.

Eu, assim como você, tenho os meus medos, e todos os dias vou trabalhando em alguns deles para vencê-los, e aprendi ao longo desse tempo que muitas vezes é preciso mergulhar no autoconhecimento e passar a viver o presente, para ir encarando os medos aos poucos tornando aquela situação mais confortável. O floral Mimulus ajuda a criar esta coragem, e aos poucos você vai se descobrindo e descobrindo um novo mundo. Fácil nunca será, mas devemos continuar e persistir.

Caso o medo seja acompanhado por pânico, a melhor alternativa seria o floral Rock rose, se o medo for de algo abstrato, desconhecido recomenda-se o floral Aspen. Eu falarei mais para frente destas duas essências.


Dica de livro: pessoas ansiosas e medrosas geralmente projetam o tempo todo o futuro e se esquecem do presente (experiência própria), isso acaba gerando mais ansiedade e medo. Um livro que indico para você se sintonizar mais com o presente é “O poder do agora – Eckhart Tolle”.

Aqui vai um trecho do livro: “Você alguma vez, realizou, pensou ou sentiu alguma coisa fora do agora? Acha que conseguirá algum dia? É possível alguma coisa acontecer ou ser fora do Agora? A resposta é óbvia, não é mesmo?

Nada jamais aconteceu no passado, aconteceu no Agora.

Nada jamais irá acontecer no futuro, acontecerá no Agora.”


Se animou? Espero que sim. Lembre-se que “A jornada de mil quilômetros começa com um passo.” Lao Tsé

Foto 1



Por que resolvi criar este blog



Eu sou farmacêutica-bioquímica, e gosto da área na qual me formei. Atualmente, eu trabalho na área de qualidade de uma empresa de alimentos, mas às vezes acho que deveria ter escolhido outra área, psicologia talvez, rs, pois sempre me interessei por assuntos ligados ao autoconhecimento.

Em 2014, eu acabei sofrendo de TAG (Transtorno de Ansiedade Generalizado), e fiquei um pouco desnorteada, tentando entender por que tudo aquilo ocorria comigo, por que tanto medo, tanta insegurança. 

Foi então que resolvi fazer terapia, e fui instruída pela psicóloga a fazer exercícios físicos. Então me matriculei nas aulas de yoga e encontrei uma atividade física que eu gostava, e que fazia eu me sentir bem. A minha professora era terapeuta holística, e com ela iniciei um tratamento com os Florais de Bach. 

Eu descobri o quanto essas gotinhas podem ser benéficas, o quanto elas podem nos ajudar, eu comecei a me tratar com florais, e não deixei a terapia de lado, é bom lembrarmos que a terapia floral, ou qualquer outro método holístico (acupuntura, aromaterapia, entre outros) irão complementar o tratamento médico, o acompanhamento psicológico, e nunca devem substituí-lo, um irá complementar o outro.  ;)

Nesse meio tempo comecei a me apaixonar por diversos assuntos relacionados às terapias complementares, comportamento, autoconhecimento. Fui mesclando cursos de florais, reflexologia, yoga com as minhas atividades diárias, e aprendi muita coisa legal. Então resolvi criar este blog para compartilhar com você o meu aprendizado sobre comportamento, saúde e equilíbrio.

Espero que você goste e que o conteúdo compartilhado neste blog possa te ajudar e te inspirar!