sexta-feira, 10 de junho de 2016

Alimentos que ajudam a fortalecer o sistema imunológico


O sistema imunológico é formado por uma complexa rede de células e moléculas difundidas por todo o organismo e se caracteriza biologicamente pela capacidade de reconhecer especificamente determinadas estruturas moleculares ou antígenos e desenvolver uma resposta efetora diante destes estímulos, provocando a sua destruição ou inativação. Portanto, representa um sistema eficaz de defesa contra microrganismos que penetrem no organismo ou contra a transformação maligna de células. Esta função de defesa é essencial contra o desenvolvimento de infecções e tumores.1



 Foto 1

Para que esse sistema de defesa funcione adequadamente é preciso que nosso organismo esteja em um bom estado nutricional, portanto investir em alimentos com propriedades nutricionais adequadas é essencial para a manutenção da saúde como um todo.

Você já ouviu falar sobre a longevidade dos japoneses de Okinawa ou dos adventistas do 7º dia da cidade americana de Loma Linda, na Califórnia? Estudos realizados com essas populações indicaram uma maior longevidade em relação às demais pessoas que vivem fora dessas comunidades. Você já deve ter imaginado o que eles têm em comum. A alimentação é equilibrada, baseada em vegetais, grãos integrais e peixes. Obviamente, não é só o estilo alimentar que faz essas pessoas mais longevas, fatores como genética, influência do ambiente, entre outros, também podem ser determinantes para aumentar a expectativa de vida de uma população.



 Foto 2

Mas, que tal hoje, você aprender quais são os alimentos que podem beneficiar a sua saúde, e começar a fazer escolhas alimentares mais saudáveis e conscientes. Eu listei abaixo, alguns alimentos que auxiliam no bom funcionamento do sistema imunológico, e certamente a introdução desses alimentos na sua dieta só irá trazer benefícios.


- Gengibre: essa raiz tem cerca de 5mg de vitamina C em um pedaço de 100g. Além de conter uma substância denominada gingerol. O gingerol tem propriedades anti-inflamatórias, atuando também como antioxidante.


- Frutas cítricas: laranja, kiwi, acerola, entre outras. As frutas cítricas são ricas em vitamina C, auxiliando o organismo no combate contra gripes e resfriados.



 Foto 3

- Castanhas, cereais integrais, lentilha, grão-de-bico, feijão: esses alimentos possuem em sua composição nutricional o zinco. O zinco é necessário ao desenvolvimento dos linfócitos T, glóbulos brancos que atacam vírus e bactérias nocivas ao nosso organismo. De acordo com alguns estudos, crianças desnutridas com níveis baixos de zinco, que tomam suplementos deste mineral, aumentam o número de linfócitos T e reduzem a severidade e a duração das suas infecções. “(Atributos do texto: "European Food Information Council (EUFIC))"


- Oleaginosas (nozes, castanha, amêndoa): são alimentos ricos em vitamina E. A vitamina E, também conhecida como tocoferol, atua como antioxidante, sua deficiência está relacionada a neuropatia periférica (dano no sistema nervoso periférico), anemia hemolítica, entre outros.



 Foto 4

- Azeite, salmão, linhaça: esses alimentos têm em comum bons níveis de ômega-3. O ácido graxo ômega-3 apresenta vários benefícios ligados ao cérebro e ao coração. O meu TCC na Universidade, foi exatamente sobre isso, a atividade neuroprotetora do ômega 3 na Doença de Alzheimer. Algumas pesquisas sugerem que o consumo de ácido graxo ômega-3 pode atuar na prevenção da Doença de Alzheimer, uma vez que pacientes que desenvolveram a Doença de Alzheimer apresentavam níveis mais baixos de ômega-3 no tecido cerebral.2


- Castanha-do-pará, cogumelos (tipo champignon): apresentam selênio em sua composição. O selênio é um mineral que atua na regulação hormonal da glândula tireóide, atuando também como antioxidante.


Comece a introduzir esses alimentos aos poucos em sua alimentação diária, com o tempo você começará a sentir os benefícios, como mudança de humor, mais disposição, quando ficar doente você vai perceber que o seu organismo se recupera mais rapidamente, e pratique exercícios físicos, aquele que você mais goste, e que tenham a ver com sua personalidade.


 Foto 5

"Que seu remédio seja seu alimento, e que seu alimento seja seu remédio" – Hipócrates



Referências

1 Córdova Martínez Alfredo, Alvarez-Mon Melchor. O sistema imunológico (I): conceitos gerais, adaptação ao exercício físico e implicações clínicas. Rev Bras Med Esporte  [Internet]. 1999 . 5(3):120-125. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-86921999000300010&lng=en. 

2 Valenzuela B Rodrigo, Bascuñan G Karla, Valenzuela B Alfonso. Ácido Docosahexaenoico (DHA): Una perspectiva nutricional para la prevención de la enfermedad de alzheimer. Rev. chil. nutr.  [Internet]. 2008 ; 35(Suppl 1): 250-260. Disponível em: http://www.scielo.cl/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0717-75182008000400001&lng=es.












Nenhum comentário:

Postar um comentário