segunda-feira, 10 de julho de 2017

Atrasado, adiantado? Não - você está na sua hora certa

Sempre que penso sobre o decorrer do tempo, eu me lembro da música do Caetano Veloso, só que na voz da Maria Gadú, "Oração ao Tempo".




Para mim, essa é uma música que reflete a beleza do tempo. Mas algumas pessoas tendem a transformar o tempo em um vilão. Existem alguns pensamentos coletivos sobre o tempo que me incomodam muito. Antigamente, eu até concordava com muitos deles, mas hoje em dia eu me recuso a concordar com essa visão estreita da vida, precisamos estar atentos para não rotular as pessoas como se elas fossem meras mercadorias.

Por que algumas pessoas acham que existe um cronograma para a vida do outro? Comentários maldosos do tipo “você é velho demais pra isso”, “nossa tá passando da hora vai ficar pra titia”, “você não deveria fazer isso, olha a sua idade". Eu já acreditei nesses comentários e tomei decisões que só me trouxeram chateações. Até porque a decisão era baseada no tempo do outro e não no meu tempo. Não existe hora definida pra nada nessa vida, quem faz a sua hora é você, dentro daquilo que você sente em seu coração.

Quando alguém começa a tecer comentários maldosos como os citados acima perto de mim, eu viro as costas e ignoro. Primeiro, porque não vale a pena polemizar, é muito desgaste de energia. Eu tenho preferido me poupar. Segundo, porque na maioria das vezes, a vida da pessoa que está te constrangendo não está essa perfeição toda, na verdade ela pode estar perdida no tempo que os outros definiram para ela, pode estar sofrendo, pode estar triste, mas precisa provar para si mesma que está certa, às vezes, isso inclui te magoar, o que é uma pena. Outras são meio avoadas e nem percebem que estão sendo constrangedoras. Só me resta orar por todas elas, às vezes elas nem sabem o que fazem e nem percebem que suas palavras podem machucar. Cabe a você, esquecer e perdoar.


Uma vez, eu li a seguinte passagem:

“Alguns estão solteiros, alguns estão casados e esperaram 10 anos para ter um filho. Outros tiveram um filho depois de um ano de casados. Alguns se formaram aos 22 anos e esperaram cinco anos para conseguir um bom emprego. Outros se formaram aos 27 e encontraram o emprego de seus sonhos imediatamente. Alguns se tornaram presidentes de grandes empresas aos 25 e morreram aos 50, enquanto outros se tornaram presidentes aos 50 e viveram até os 90.” Sri Sri Ravi Shankar

O seu tempo é o meu tempo? O tempo do outro é o seu tempo? Se você começou a trabalhar com 14 anos não significa que seu vizinho deva fazer o mesmo ou só porque você se casou com 23 anos não significa que seu filho deva seguir o mesmo comportamento. Cada pessoa tem seu próprio tempo, dentro de sua consciência, dentro daquilo que espera da vida. Para tudo há um tempo, mas cada um deve considerar por si como esse tempo será vivido. Para você hoje a vida pode ser um inverno, mas para seu próximo pode ser verão. Portanto, não tente impor o seu inverno e não tente viver o verão do outro. 

Se sua colega de trabalho tem mais de 30 anos e ainda não se casou, isso não é problema seu. Você deve cuidar do seu casamento, e deixar que ela se ocupe da solteirice dela da forma que ela achar melhor, no tempo dela. Se seu sobrinho já casou há mais de 10 anos e não quer filhos, deixe-o assim, e ocupe-se de cuidar dos seus filhos, educá-los, ajudá-los a se tornarem pessoas melhores. Se sua avó de 70 anos resolveu que quer fazer faculdade, não a critique chamando-a de velha, dizendo que passou da hora. Se ocupe das suas tarefas e dos seus afazeres, e deixe-a viver o sonho dela. Não faça uso de um julgamento cego para ditar regras para a vida alheia. Não queira adiantar ou atrasar a vida do próximo. Cada um tem seu tempo. Cada um tem seus sonhos e desejos. Respeito é a chave para uma vida melhor.

Se você já ouviu esses tipos de comentários e se chateou, eu te aconselho a esquecer e não focar nas opiniões das pessoas, pois você pode se ferir seriamente e ferir outras pessoas, se entrar na onda do que os outros acham que é melhor pra você. Pense na sua vida, nas coisas que você gosta de fazer, nas suas qualidades, nos seus sonhos. Essas pessoas que acham que todo mundo anda com um relógio grudado na testa não pagam as suas contas, não vivem as suas alegrias e nem as suas tristezas. Você quer mesmo deixar que elas marquem você com o tempo delas? Olhe para elas com amor e continue o seu caminho, só você e Deus sabem o que é melhor para você. Seja feliz no seu tempo, na sua hora!



"1.Para tudo há um tempo, para cada coisa há um momento debaixo dos céus: 2.tempo para nascer, e tempo para morrer; tempo para plantar, e tempo para arrancar o que foi plantado; 3.tempo para matar, e tempo para sarar; tempo para demolir, e tempo para construir; 4.tempo para chorar, e tempo para rir; tempo para gemer, e tempo para dançar; 5.tempo para atirar pedras, e tempo para ajuntá-las; tempo para dar abraços, e tempo para apartar-se. 6.Tempo para procurar, e tempo para perder; tempo para guardar, e tempo para jogar fora; 7.tempo para rasgar, e tempo para costurar; tempo para calar, e tempo para falar; 8.tempo para amar, e tempo para odiar; tempo para a guerra, e tempo para a paz. 9.Que proveito tira o trabalhador de sua obra? 10.Eu vi o trabalho que Deus impôs aos homens: 11.todas as coisas que Deus fez são boas, a seu tempo. Ele pôs, além disso, no seu coração a duração inteira, sem que ninguém possa compreender a obra divina de um extremo a outro. 12.Assim eu concluí que nada é melhor para o homem do que alegrar-se e procurar o bem-estar durante sua vida;"  Eclesiastes, 3 - Bíblia Católica Online



Tic, tac, tic, tac!
Eles diziam, “seu tempo tem que ser agora”.
Quebrei o relógio e nem olhei a hora.



Um beijo além do tempo pra você!

Nenhum comentário:

Postar um comentário