COMO LIDAR COM O SENTIMENTO DE DESVALORIZAÇÃO



Por: Angélica Diniz


O dicionário define desvalorização como denominação ou perda de valor; depreciação. Sendo assim, quem nunca se sentiu depreciado em alguma época da vida, seja no relacionamento à dois, no trabalho, nas relações familiares ou de amizade, não é mesmo?

Mas, será que existem maneiras de lidar com o sentimento quando ele nos invade? É claro, que é possível lidar, e isso depende muito da forma como você reconhece e decide enxergar esse sentimento. No texto de hoje, eu vou compartilhar com você cinco maneiras de lidar com esse sentimento. Vamos lá!


1- Seja realista
Algumas vezes pode acontecer desse sentimento de desvalorização ser fruto da nossa expectativa muito alta, referente à alguma pessoa ou situação, ou seja, nós idealizamos na mente como algo deveria ser e quando esse algo acontece de uma outra forma, podemos nos sentir desvalorizados. Então, é importante que ao se sentir desvalorizado você analise dois pontos:

- O que é real?

- O que é imaginário/excesso de carência?

É interessante fazermos essa avaliação realista para agirmos com mais consciência e assim percebermos se fomos realmente desvalorizados ou se criamos expectativas altas e por isso estamos nos sentindo mal.

2- Pensar: Eu não sou o que o outro pensa sobre mim
Caso você tenha praticado o passo 1, e realmente tenha percebido que você está sim sendo desvalorizado e que isso é real, é hora de fortalecer o seu poder pessoal. É muito comum, ao sermos desvalorizados, acharmos que somos aquilo que o outro pensa sobre nós, e assim acabamos pensando que fizemos algo de errado e por isso há uma desvalorização. Portanto, sempre ao se sentir desvalorizado, pense no seu valor próprio e não assuma a opinião do outro sobre você como verdadeira. Analise sempre com calma.


3- Quais são as suas características positivas?
Está se sentindo para baixo por ter sido desvalorizado? Não deixe esse sentimento de incapacidade tomar conta de você. Assuma o poder sobre os seus sentimentos e liste as suas características positivas. Esse exercício te ajudará a fortalecer a autoestima que pode ter ficado abalada ao se sentir desvalorizado.

4- Trabalhe a sua autoestima
Caso você perceba que a sua autoestima ficou oscilando para baixo devido ao sentimento de desvalorização, é importante você trabalhar para fortalecê-la novamente. É necessário ao se sentir desvalorizado, que você não esqueça de quem é você? O reconhecimento de si mesmo está diretamente ligado à autoestima, voltando a se reconhecer como único, você fortalece a sua autoestima.

Vou deixar abaixo, um vídeo do meu canal, onde falo sobre isso. 



Você pode também utilizar dois florais que podem ajudar nesta situação, são eles, o Crab Apple e o Centaury. Te ajudarão a fortalecer a autoestima e depender menos da validação dos outros.

Para saber mais sobre terapia floral, clique aqui.

5- Questione-se
Ao sentir-se desvalorizado e perceber que isso foi real e não criado pelas suas expectativas, talvez seja hora de se questionar: "É saudável para mim continuar em um ambiente ou convivendo com pessoas que me desvalorizam?" Responda para si mesmo essa pergunta, e depois se faça uma outra pergunta: "Quais são os prós e contras dessa situação?" 
Se perguntar quais são os prós e contras é importante para identificar se não há uma ganho obscuro nesta situação de desvalorização. Pode ser um medo de ir para a vida, medo de fracassar, e isso pode fazer você continuar em uma situação degradante, num processo claro de autossabotagem. Por isso, devemos ser o mais verdadeiros conosco, para entendermos quando estamos concordando inconscientemente com uma situação ruim por algum medo ainda não reconhecido. Sempre questione-se para entender o que depende de você nesta situação.



Eu espero que essas dicas possam te ajudar. Até o próximo post ;)




Nenhum comentário:

Imagens de tema por merrymoonmary. Tecnologia do Blogger.