segunda-feira, 19 de setembro de 2016

Não conte seus planos antes de concretizá-los



“Pode contar seus segredos ao vento, mas depois, não vá culpá-lo por contar tudo às árvores.” Khalil Gibran


Eu já ouvi este conselho diversas vezes, e vez ou outra, leio sobre isto em algum site, em algum post. Nós, muitas vezes confiamos demais em pessoas que pouco conhecemos e não tem como saber se elas realmente desejam a nossa prosperidade. Todos os seres humanos têm um pouco de inveja uns dos outros, nem sempre é aquela inveja doentia de querer o que o outro tem. Às vezes, apenas é aquele sentimento de inferioridade que chega perante a conquista do outro. São aquelas frases que se formam e que fazem com que nós nos sintamos inferiores:


-Nossa se este projeto de fulano der certo, ele vai fazer um bom dinheiro, e eu aqui nesse emprego que eu nem gosto.

-Caramba, se ela conseguir trocar de ramo, vai fazer sucesso e ser feliz. Que coragem! Acho muito arriscado, e se der tudo errado, eu nunca faria isso. Vou falar pra ela que isso é loucura.




E às vezes, sem querer as pessoas colocam uma carga negativa na história do outro, ou desencorajam com um gesto, uma fala ou um olhar. Por isso, devemos guardar nossos planos, desconversar sobre nossa vida. As poucas pessoas que realmente nos apoiam são as pessoas da nossa família, e creio que alguns poucos amigos, e olhe lá.

Se você tem um projeto, um plano, mantenha-o para você até dar os primeiros passos para concretizá-lo, mantenha-se em silêncio, peça ajuda, sugestões somente de pessoas que você confia plenamente e que você sabe que querem que você prospere. Depois quando você já estiver com pelo menos metade do caminho completo, naturalmente as pessoas vão ficar sabendo, mas você já estará com algo mais concreto e consolidado, assim menos vulnerável às energias negativas.




Eu sigo muitos canais de gente super legal no youtube, e percebi que as pessoas que realizam seus projetos e conquistam seus sonhos são aquelas que só contam a novidade depois que tudo está concretizado. Eu tinha uma mania de sair falando as coisas para os outros, e de uns tempos pra cá, eu tenho me vigiado um pouco mais. Torne isso um hábito na sua vida. Manifeste seu desejo somente para Deus, para o Universo e espere, trabalhe, vá atrás que Deus colocará a estrada debaixo dos seus pés, e ao seguir o caminho converse sobre os seus planos com o mínimo possível de pessoas. 


Existe uma estatística de que quanto mais pessoas sabem de nossos projetos menor é a probabilidade de que eles se realizem. Isso acontece também, porque muitas vezes estamos inseguros em relação aos nossos planos, então ao contarmos para alguém e sentirmos um ar de desaprovação, acabamos desistindo, porque naquele momento a motivação é cortada. Muitas vezes, as pessoas serão pessimistas em relação ao seu projeto, porque nós temos a tendência de projetar a nossa vida na vida do outro, e então damos a nossa opinião com o viés da nossa experiência de vida, considerando nossos acertos e principalmente nossos medos. 


Portanto, quanto menos falarmos melhor. Por exemplo, você sonha em abrir uma loja de pudins, ao comentar com um amigo que de repente não é muito fã de pudim, ele provavelmente dirá que pudim é complicado, tem gente que não gosta. E se você comentar com alguém que ama pudim, essa pessoa provavelmente falará para você ir fundo. Cada opinião foi baseada em uma experiência de vida que não necessariamente tem haver com você e com o seu momento, e como temos uma inclinação para o pessimismo, é capaz de considerarmos a opinião da pessoa que não gosta de pudim, e desistir, mas e se de repente, você fosse virar o rei do pudim, criar novas receitas, um canal no youtube, lançar um livro, já pensou nisso?




Por isso, divida seus sonhos e projetos com um número restrito de pessoas, conte somente nos dedos de uma mão, mentalize as coisas se realizando, tudo dando certo, siga seu coração, ouça a sua intuição, sonhe grande e vá à luta, eu te desejo muita, muita sorte!

Nenhum comentário:

Postar um comentário