7 maneiras de reduzir a ansiedade matinal

Teve uma época em minha vida que eu tinha muita ansiedade matinal. Isso ocorreu especificamente em 2014 quando iniciei a psicoterapia, e até hoje, em momentos em que a ansiedade se faz presente, eu preciso lidar em alguns momentos com a ansiedade matinal. A ansiedade matinal pode ser causada por vários fatores, você pode acordar já pensando nos desafios que vai enfrentar, pensando que pode ter uma nova crise de ansiedade e/ou pânico, e como a mente ansiosa tem a tendência a criar erros de pensamentos, criando cenários catastróficos, pensamentos tudo ou nada, pode acontecer de o nível de ansiedade atingir um patamar anormal causando sintomas físicos desconfortáveis.

Até hoje, quando percebo que estou passando por uma fase mais ansiosa, eu utilizo algumas ferramentas que me ajudam a lidar melhor com o desconforto dos sintomas, e hoje eu vou compartilhar com você essas ferramentas, e espero que elas também possam te auxiliar a driblar a ansiedade e iniciar os seus dias com mais tranquilidade.



1-Não fique enrolando na cama
Despertador tocou, levante! Ficar enrolando na cama pode fazer com que você comece a ter os pensamentos automáticos que muitas vezes podem desencadear crises. Então, o ideal é não ficar pensando muito e já distrair o cérebro com outras atividades. Quanto mais parado você fica maior a probabilidade de você focar nos pensamentos negativos, então a ideia é levantar assim que o despertador tocar. Uma dica, é deixá-lo longe do alcance das mãos, isso te forçará a levantar rapidamente e começar o dia.

2- Escute uma música
Quem me passou essa dica foi a psicóloga que me atendeu durante um bom tempo. Ela me sugeriu escutar uma música que eu gostasse para ajudar a lidar com a ansiedade matinal. O ideal é que você escolha uma música que faça sentido para você. Não importa o estilo, ritmo. Escolha algo que tenha a ver com a sua personalidade, ouça a letra, cante, o objetivo é distrair o cérebro e evitar os pensamentos ansiosos.



3- Tome um copo de água
Você sabia que a desidratação pode piorar os sintomas da ansiedade?
Pois é, vou deixar para você um link , logo abaixo, para você saber um pouco mais sobre isso.
Eu costumo tomar pela manhã, um copo de água com suco de um limão. Para mim tem feito muito bem. Mas, se você não se der bem com limão, tome somente o copo de água, e comece seu dia bem hidratado, e dando um tchau para a ansiedade.

Leia o item 9 - Irritabilidade ou confusão

4- Café da manhã: escolha alimentos que ajudam a reduzir a ansiedade
Alguns alimentos como aveia, amêndoas, chia, linhaça, banana possuem nutrientes que atuam na redução da ansiedade. Claro que comer uma dúzia de bananas não vai fazer o trabalho de um bom terapeuta, mas a alimentação mais saudável, pode te ajudar a lidar melhor com os sintomas. Se você quiser saber mais sobre esse assuntos, recomendo os vídeos do Dr. Marcos Abud, do canal Saúde da Mente. Ele explica algumas coisas sobre ômega 3, magnésio e seus efeitos na ansiedade. Dê uma pesquisada por lá, vale muito a pena.

5- Evite as redes sociais
Tente não acessar as redes sociais logo ao acordar. Se dê um tempo. Faça investimentos em você primeiro, foque nas suas atividades, na sua alimentação, na sua saúde, e depois mais tranquilo/a dê uma olhada nas atividades de outras pessoas. Isso pode te ajudar a lidar melhor com a comparação e reduzir a ansiedade.

6- Faça uma breve meditação: 5 a 10 minutos
Talvez, você não tenha tanto tempo para meditar pela manhã, pois tudo irá depender da sua rotina, se você trabalha longe ou perto de casa, então, minha sugestão é que você adapte a meditação na sua rotina. Por exemplo, pela manhã, a prática pode ser breve, 5, 10 minutos ou talvez até 3 minutos. Só para te ajudar a limpar um pouco a mente, focar na respiração e baixar os níveis de ansiedade pela manhã.




7- Em caso de enjoo: óleo essencial de hortelã
No meu caso, a ansiedade causa um enjoo forte, então, eu não vivo sem óleo essencial de hortelã. Inspirar o cheiro do óleo ajuda a controlar o enjoo. Para mim, funciona super bem. Eu costumo pingar nos punhos 1 gota do óleo essencial de hortelã quando estou enjoada e vou cheirando até o enjoo passar.
Lembre-se, o óleo essencial de hortelã não é recomendado para grávidas. Então, se você está grávida não use óleo essencial de hortelã para enjoos e ansiedade.

Eu espero que você tenha gostado das sugestões de hoje e que elas possam te ajudar

Se você tem interesse em fazer terapia floral comigo, é só clicar neste link abaixo:






Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

As peças que a vida nos prega

Quando nosso balão esvazia - Ações alinhadas para se reconectar

Como descobrir a sua essência