segunda-feira, 1 de agosto de 2016

Praticar yoga vale a pena?



Eu pratico yoga há mais ou menos 2 anos, eu comecei a praticar em 2014 por indicação da psicóloga, na verdade ela me indicou praticar exercícios físicos para auxiliar no tratamento do TAG (Transtorno da Ansiedade Generalizada). Eu não tenho muita paciência para academia, acho muito chato, e prefiro algo mais introspectivo, que reflita um pouco a minha própria personalidade. Porque gosto de passar alguns momentos comigo mesma, sem pressa, sem preocupações, e o yoga me proporcionou isso de uma forma tão abrangente que eu me apaixonei.


Durante estes 2 anos, eu desisti de praticar no espaço, e passei a fazer as posturas em casa, investi em um bom mat (tapete), comprei livros, assinei canais no youtube, e comecei a praticar. Mas nem sempre eu mantinha a disciplina. Eu consegui praticar periodicamente entre novembro do ano passado até meados de março deste ano, depois desandei novamente. Comecei a pós-graduação, tem trabalho a toda hora para entregar, e quando eu tinha tempo, acabava perdendo horas assistindo séries, toda torta na frente do notebook, e yoga que é bom nada.


O título deste post faz a seguinte pergunta: Praticar yoga vale a pena?


Eu te respondo que sim, vale a pena, porém você precisa ser disciplinado e não ficar postergando a prática, porque senão chega uma hora que você vai parar de praticar, e a prática de yoga deve ser constante para que você comece a observar os resultados.


As pessoas também costumam pensar que quem pratica yoga fala manso, vive meditando, não se irrita, e vive de cabeça para baixo, mas não é assim, praticar yoga não deixa você melhor do que ninguém, é claro que durante algum tempo de prática você começa a notar algumas mudanças em seu comportamento, na flexibilidade (eu ainda não alcanço o dedão do pé, mas tá valendo) e na saúde. Mas isto não significa que você irá virar um guru, nunca vai adoecer ou morrer. A prática de yoga te fornece uma visão mais ampla dos acontecimentos, o mundo continua igual, mas você passa a enxergá-lo de uma forma um pouco diferente, garanto que é uma forma bem mais benéfica.


“Faça yoga para ser melhor para os outros, e não melhor do que os outros.” Prof. Hermógenes


As aulas de yoga costumam ser mais caras do que as academias populares, por exemplo. Então, você precisa pesquisar para saber onde é possível fazer aulas de qualidade e com um preço camarada.


A aula é tranquila, onde eu faço começa com a observação da respiração, nós sentamos no mat (tapete), fazemos o Sukhasana – postura fácil e acalmamos a respiração, depois fazemos alguns mudras, e passamos para as posturas, que a professora vai alternando no decorrer da aula. 
Já no final da aula realizamos um exercício de pranayama, geralmente é a respiração alternada, depois de alguns minutos realizando este exercício respiratório, nós deitamos em Savasana – postura do cadáver para o relaxamento final.
 

Eu notei alguns benefícios no meu comportamento com a prática de yoga, que foram:


- Diminuição do nervosismo: Eu era uma pessoa muito “atacada”, eu ficava nervosa facilmente, e muitas vezes por coisas bobas, no trabalho então, eu nunca gritei com ninguém porque acho isso horrível, mas quando eu via algum funcionário fazendo bobagem, meu sangue fervia, só que eu não ia discutir com ele, eu saia muito brava e nervosa, a minha garganta arranhava e doía que parecia que algo queria sair por ela, na verdade era a raiva armazenada. Quando eu comecei a praticar yoga, eu comecei a perceber que as pessoas sempre vão errar e acertar. Eu também erro, também tenho meus dias ruins, então não adianta ficar nervosa por tudo, é preciso saber ponderar, conversar, entender, não é possível controlar tudo. Então, eu me tornei mais calma e mais serena, e isso é bom para a saúde.


- Diminuição da ansiedade: Eu ainda sou ansiosa, mas depois de iniciar a prática eu passei a contornar os momentos de ansiedade com mais calma, ao invés de entrar no círculo vicioso, eu começo a respirar profundamente. E vou mentalizando “Inspira/Expira” e vou me acalmando.


- Aceito, entrego, confio e agradeço: Eu li dois livros do Prof. Hermógenes, e me apaixonei pelo trabalho dele. Ele faleceu em março/2015, mas deixou uma obra magnifica sobre saúde e yoga. Se você quiser conhecer um pouco da história dele, dê uma olhada na internet, se informe sobre os livros, assista alguns vídeos no youtube, você irá se encantar com a riqueza das palavras, com a riqueza da história, e com tanta coisa boa que você pode aplicar na sua vida. Eu aprendi que na vida existem fatos que podemos mudar, e fatos que infelizmente não dependem de nós, e diante disto devemos ter mais confiança em todo o processo. Não é legal e nem prazeroso lidar com as adversidades, sentimos revolta, tristeza, prostração, incapacidade, mas confiar nos torna mais fortes.


Eu acho que yoga vale muito a pena de um modo geral, tanto fisicamente como emocionalmente, principalmente quando você começa a estudar a filosofia do yoga, você aprende tanta coisa bacana, um mundo novo se abre à sua frente. 

Eu indico para mulheres, homens, enfim, se você tiver alguma dúvida converse com um médico para saber se você pode praticar, em geral, não há contraindicações, mas como cada ser humano é um mundo diferente, é sempre bom conhecer as suas limitações e até onde elas vão.

 “A prática de yoga completa os reservatórios da esperança e do otimismo dentro de você. Ela o ajuda a suplantar todos os obstáculos no caminho para a saúde perfeita e para o contentamento espiritual. É um renascimento.” BKS Iyengar

Nenhum comentário:

Postar um comentário