segunda-feira, 11 de julho de 2016

Você não vai com a minha cara?


Eu assisti muitas vezes o seriado Chaves no SBT, quando eu era criança e na adolescência também, até hoje não me esqueço da frase do Kiko: “Você não vai com a minha cara?”



Quantas vezes na sua vida você já sentiu uma antipatia gratuita por alguém? Sempre tem uma pessoa, ou até duas que você não vai com a cara de jeito nenhum.



Existem algumas explicações para isso, uns dizem que são traumas de vidas passadas, outros que o santo não bateu, enfim, várias explicações místicas para aquele famoso desconforto em estar na presença de alguém que nos incomoda. Uma das coisas que aprendi ao longo do tempo, é que pelo menos devemos tentar conhecer um pouco as pessoas antes de sair fechando a cara por aí. No meu caso, eu dificilmente trato as pessoas que eu não vou com a cara mal, por mais que esta pessoa não inspire minha simpatia, ela merece o meu respeito.

 Par, Homem, Mulher, Discussão, Diferença, Relação



Imagine você, quantas pessoas não vão com a sua cara. Pessoas que podem te achar antipático, metido, sério, chato, ou qualquer outro adjetivo atribuído à você por mera suposição. Eu me lembro uma vez que uma amiga me disse que ao me ver pela primeira vez na sala de aula, achou que eu era chata e depois que me conheceu viu que eu não era nada disso, e nós somos amigas até hoje. No meu caso, o jeito sério, reservado e com cara de chata, rsrs, faz parte da minha personalidade mais introvertida, geralmente eu sou assim com quem conheço pouco, geralmente, pessoas tímidas ou introvertidas tendem a parecer antipáticas, mas é só aparência mesmo, quase sempre são pessoas ótimas, e na maioria dos casos super confiáveis. Já pensou se todos os meus amigos desistissem de mim por supor que eu sou chata ou antipática quantas pessoas maravilhosas eu deixaria de conhecer, quantas histórias eu deixaria de ouvir.

 Mãos, Amizade, Unidade, Juntos



Então, sempre que você não for com a cara de alguém, procure primeiro saber como é essa pessoa de verdade, suas convicções, seus objetivos, um pouco da sua história de vida. E se mesmo assim ainda sobrar aquela antipatia, converse só o básico, mas respeite sempre, só não vai sair falando mal dessa pessoa por aí, porque senão ela que vai ter motivos para não gostar de você. Porém, você não é obrigada a conviver com pessoas que não gosta, algumas vezes é melhor se preservar, se isto te causar um desconforto muito grande.



O mundo está repleto de todo tipo de gente, ainda bem que mais pessoas do bem do que do mal. E para afirmar que você não gosta de alguém você tem que se permitir conhecer pelo menos um pouco dessa pessoa.

Lembre-se sempre que nós estamos neste mundo para aprender, aprendemos com o fofoqueiro, aprendemos com o arrogante, aprendemos com o mal educado, aprendemos com o egoísta, aprendemos com o manipulador, aprendemos com os sem noção, aprendemos com os chatos, aprendemos a não ser como eles, aprendemos a conviver com eles, aprendemos que amar o próximo como a si mesmo, é um baita desafio para alcançar o nosso crescimento moral e espiritual, e deve ser por isso que Jesus deixou essa frase como o segundo maior mandamento, porque a princípio parece fácil, mas é difícil, até por que é no fogo quente que se forja o aço bom, então é na dificuldade, e muitas vezes convivendo com pessoas não tão amigáveis que você aprende e cresce.

Mãe, Filha, Amor, Pôr Do Sol, Mar, Oceano













Nenhum comentário:

Postar um comentário