segunda-feira, 8 de maio de 2017

Eu me sinto perdido e não consigo me encontrar profissionalmente

Se você leu o título desse post e se identificou com ele, bem vindo ao clube, meu amigo.
Vou te contar algo que aconteceu comigo, e acho que a minha experiência pode te auxiliar. Semana retrasada, um pouco antes do feriado de 1º de maio, eu passei muito mal. Pelos sintomas que tive acho que sofri de uma toxinfecção alimentar daquelas bravas. Acabei ficando em casa, porque não dava para trabalhar, o negócio foi punk.

Durante os dias que eu estava em casa, eu comecei a me sentir um pouco deprimida, e para piorar cismei com uma foto minha do dia da minha formatura do curso Técnico em Alimentos que fiz há 12 anos atrás. A minha mãe pegou a foto que estava em um álbum e colocou no porta-retrato em meu quarto. Nesta foto, eu estou muito feliz e sorridente, eu estava muito feliz mesmo na época. Com vários sonhos, feliz porque tinha terminado um curso que achava muito legal, a foto é realmente muito bonita, mas, ao ficar olhando para aquela foto de anos atrás, eu acabei sentindo tristeza, tristeza em relação às escolhas que fiz, tristeza por não estar onde sonhei que estaria naquela época, e caí no choro. Acho que estar debilitada fisicamente também ajudou.



Então, eu comecei a me sentir perdida, nada mais parecia fazer sentindo. As escolhas passadas, as escolhas de agora estavam todas embaralhadas na minha cabeça. É como se eu não tivesse mais certeza de absolutamente nada. Uma confusão sem tamanho. A minha sorte é que eu tenho pessoas como minha mãe, minha irmã, minha psicóloga e florais de Bach para me ajudar. Comecei a tomar o floral Rescue Remedy.

Comecei a considerar fazer mudanças radicais na minha vida, eu pensei em abandonar um curso de terapia holística que faço, e abandonar o trabalho com florais de Bach, que é algo que eu gosto. Pensei em abandonar minha profissão de agora, que é o trabalho com alimentos, só iria terminar a pós graduação, porque agora só falta uma prova e o TCC. Sentiu o drama?. Eu queria começar novamente, fazer outra faculdade, agora em pedagogia, chutar e balde e tentar me encontrar. Mas, eu não conseguia me visualizar como professora de crianças, várias dúvidas iam surgindo, então fui conversar com a minha psicóloga.

As orientações delas foram muito válidas, e vou compartilhar com você agora.

Você pode sim mudar o rumo, mas avalie bem
Na pressa de sair de uma situação que nos oprime, acabamos dando um passo maior que a perna, achando que o sofrimento irá passar no exato momento que jogarmos tudo para o alto. Não é que seja errado mudar, mas é que às vezes, nós estamos nos sentindo tão confusos que parece que qualquer coisa irá colocar fim no sofrimento. O melhor nessas horas, é avaliar bem cada alternativa, se depois de se colocar na nova situação, você sentir que é isso mesmo, vá em frente, se houver alguma dúvida, espere mais um pouco.



O que você realmente gosta
Eu estava tão confusa, que estava pensando em largar um curso maravilhoso que estou fazendo na área de terapias holísticas e acupuntura. Quando fui questionada se eu realmente gostava disso, a minha primeira resposta foi sim. Então, lá no fundo, a gente sempre sabe o que nos deixa mais felizes, só que as dúvidas sobre o rumo das coisas acabam gerando ansiedade e desconfiança. A pressa em acelerar os processos acaba nos deixando ansiosos, e como o resultado não é imediato, a vontade de desistir de tudo aparece. Então, considere o que você realmente gosta de fazer e tenha paciência.

O que te falta é motivação
Sim, muitas vezes, a vida ando meio paradona, e isso me deixa completamente desmotivada, principalmente com o trabalho. Quando você não enxerga muita mudança, e se sente paralisado é comum que dúvidas surjam em seu caminho, então dúvidas como “Será que fiz a escolha certa?” podem te balançar e te deixar confuso. Nessas horas, talvez seja necessário começar a investir na mudança, que pode ser radical ou mais branda. Procure os motivos pelos quais você anda desmotivado, converse com pessoas que podem te ajudar a entender esse processo. Antes de sair gritando pelado por ai, rsrs, analise o que realmente está acontecendo, e tente ir atrás de desafios novos.

Esses foram alguns tópicos da nossa conversa, mas foi muito bom, porque me auxiliaram a estabelecer novas metas, a ir em busca do que eu realmente acredito, e não deixar que a baixa autoestima tome conta, senão, tudo vira um furdunço sem fim. Se você não conseguir se achar sozinho, procure ajuda, existe muita gente capacitada para te ajudar, pode ser através de um texto na internet, em um vídeo do youtube, um psicólogo ou terapeuta holístico. Vá atrás, saia da inércia, não tenha medo das respostas.


Durante este processo, eu tive auxílio de várias pessoas e também tomei o floral Rescue Remedy, e continuo no caminho. Se você está se sentindo desanimado com sua vida, com o rumo das coisas, esse floral dá um up, ele faz com que você perceba as coisas com mais calma, ajuda a desestressar, e assim, você cria coragem para ir em busca dos seus sonhos novamente, com serenidade e paciência.

Nenhum comentário:

Postar um comentário