quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Sugestão do leitor (a): Procrastinação

Esse foi um tema sugerido por uma amiga, leitora do blog que eu achei muito interessante.
O que é procrastinação?
Nada mais é do que o ato ou efeito de procrastinar; adiamento, demora, delonga.

Mas, por que será que deixamos a procrastinação tomar conta de nossas vidas? Medo, preguiça, desânimo? Eu já procrastinei diversas vezes na minha vida, principalmente durante a faculdade e o pior, agora durante a pós-graduação também. Um exemplo, desde o começo do semestre eu sabia a data da prova e sabia que deveria ir estudando as disciplinas para não me sentir perdida com o decorrer do curso. Mas o que eu fiz? Sim, eu procrastinei e procrastinei, até que bem na semana da prova, eu resolvi estudar. Um monte de matéria, começava a bater o desespero, não vai dar, não vai dar. Ufa...passou, mas ficou uma lição, aprendi que nós só procrastinamos os deveres, coisas que nós gostamos de fazer não ficam pra depois, é ou não é?

Quando pensamos em procrastinação, a primeira coisa que vem à nossa mente é a preguiça. Sim, acho que aquela preguicinha é uma das responsáveis por deixarmos bastante coisa para depois. Mas, eu acredito que existe também um fator importante que deve ser analisado, é o medo. Você já parou para pensar se por trás daquela tarefa que você vem adiando há séculos não existe medo de alguma situação ou insegurança relacionada com a atividade em questão. Medo do fracasso, medo de não dar certo, medo de falhar, medo de não fazer direto, medo de alguém criticar. Pense nisso, nem sempre é só preguiça, pode ser que você esteja adiando algo por insegurança. Um exercício importante é escrever as atividades que você vem adiando em um papel e escrever que sentimentos estão relacionados a essa atividade, assim você consegue perceber se você está só com um pouco de preguiça mesmo, ou se há algo que precisa ser trabalhado mais profundamente, faça o teste, vale a pena!



Eu vou ser sincera com você, eu continuo procrastinando, e até tento não fazer isso, agora eu preciso finalizar o meu TCC da pós-graduação e sempre que pensava em sentar e continuar a escrever, e substituía essa ação por outra de menos importância, como assistir um filme ou uma série e a tarefa importante ia ficando atrasada. Essa sugestão que recebi, me ajudou a repensar também o meu próprio comportamento em relação aquilo que é mais importante neste exato momento da minha vida, eu comecei a avaliar que eu sempre estou sufocada principalmente nos estudos, porque deixo para a última hora. Mas como deixar de procrastinar, como fazer o que precisa ser feito?


Fazendo uma lista das atividades
Eu tenho trazido para o trabalho uma agenda onde anoto todas as minhas tarefas do dia. Eu estava tão procrastinadora que escrevia as tarefas e deixava algumas para depois. Agora, comecei a fazer o seguinte, eu estou colocando as atividades por ordem de importância, ou seja, aquelas que são mais importantes eu tenho realizado antes das demais. Comecei a fazer isso em casa também. Comprei uma caderneta cheia de florzinhas, rs, e nela eu anoto todos os meus afazeres daquela semana. Tem dado certo, já avancei bastante no meu TCC por exemplo. Já está na fase final e fiquei bem feliz com isso.

Avaliando seu jeito de ser
Eu preciso entender como eu funciono. Por exemplo, eu não posso fazer nenhuma atividade de concentração perto de alguém, porque eu perco o foco, começo a conversar, escrever coisas erradas, principalmente se a pessoa for da família ou um amigo muito importante. Eu quero dar atenção para a pessoa e isso tira a minha concentração. Então, para mim, é melhor que eu vá para um lugar onde não haja distrações. Aconselho você a perceber o que tira o seu foco de determinada tarefa? É alguém conversando com você? É o horário que você decidiu realizar determinada atividade? Assim, você conseguirá se concentrar e não perdendo o foco, a procrastinação deixa de existir.



Definindo prazos
Eu acredito que definir prazos para as atividades é importante. Exemplo, o meu TCC deve ser entregue até dia 31/08, eu já iniciei, mas ainda faltam alguns acertos, então eu coloquei um prazo para iniciar a compra do material que eu estou utilizando até o dia 22/07. Não poderia passar desta data senão a coisa complicaria. Portanto, defina um prazo para cada atividade, com início e fim, e prontifique-se a fazer. Eu estou seguindo meus prazos e está tudo correndo bem.

Pare de ficar pensando demais 
Muitas vezes, quando ficamos pensando demais sobre uma determinada atividade a tendência é que ela não seja realizada, porque sempre vai ter alguma coisa que a nossa mente caracterizará como mais importante. Talvez, seja necessário realizar a atividade assim que ela surgir, pois não dará tempo do cérebro entrar em uma argumentação e você acabar deixando novamente para depois. Portante, defina suas atividades e comece a agir agora. Quando eu me lembro de alguma tarefa importante e quero deixar para depois, o seguinte pensamento tem vindo à minha mente: “Se você lembrou agora, por que não fazer agora?”. Isso tem me ajudado a não deixar as atividades acumularem.

Obviamente, eu queria deixar de procrastinar na minha vida. Mas, ainda não sei se chego lá. Por influência do ambiente, do humor, uma vez ou outra, nós deixaremos algo para fazer depois. Sempre estaremos considerando uma ou outra atividade como mais urgente, e na grande maioria das vezes, as atividades que consideramos mais prazerosas iremos realizar primeiro, acho que isso faz parte do ser humano. É óbvio que quando percebermos que a procrastinação está influenciando no rendimento do trabalho e no rendimento da vida pessoal devemos agir, buscando situações e ajuda que nos tirem da inércia. O autoconhecimento é um fator muito importante neste processo.


“Às vezes você encontra motivação;
Outras vezes a motivação te encontra." (Autor desconhecido)

Bom nesse caso, é melhor encontrar a motivação do que ser encontrado por ela, né! 

Um abraço e uma ótima semana!

Nenhum comentário:

Postar um comentário